Correio do Minho

Braga,

- +
Alunos do Politécnico de Viana do Castelo vencem concurso de ideias com Hospitality Box
‘Amares Urban Fit’ com 1100 atletas

Alunos do Politécnico de Viana do Castelo vencem concurso de ideias com Hospitality Box

Secundária Henrique Medina renovada 40 anos depois

Alunos do Politécnico de Viana do Castelo vencem concurso de ideias com Hospitality Box

Alto Minho

2022-05-13 às 13h12

Redacção Redacção

Alunos do curso de Licenciatura em Turismo do Politécnico de Viana do Castelo foram os vencedores do concurso de ideias no Hotel 4.0 Portugal Summit

Citação

Cinco alunos da Licenciatura em Turismo da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) foram os vencedores do Concurso de Ideias do Hotel 4.0, realizado no âmbito do Hotel 4.0 Portugal Summit, evento organizado pela Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (ARHESP). A Hospitality Box “enche de orgulho” os alunos, que aplaudem as oportunidades que o Politécnico de Viana do Castelo proporciona e que os “prepara para os desafios reais”.

Sara Marcôa, Marcos Gonçalves, Jéssica Fernandes, Daniel Duarte e Adriana Alves, alunos do 3.º ano do curso de Licenciatura em Turismo da ESTG-IPVC, acabam de ganhar o Concurso de Ideias integrado no Hotel 4.0 Portugal Summit. “Não estávamos à espera de vencer. Tínhamos muitos empresários da área e a Secretária de Estado do Turismo presentes e foi um verdadeiro desafio para nós, mas estávamos confiantes. Temos consciência do trabalho e do empenho que dedicamos a este projeto e tivemos o apoio dos professores e graças a eles conseguimos”, refere Sara Marcôa, admitindo que “foram muitas horas de trabalho e o resultado é fruto de um verdadeiro trabalho de equipa”. Os alunos sentem “um orgulho enorme” e este prémio veio “reconhecer o muito esforço e dedicação” a este projeto.

A Hospitality Box é um dispositivo que se baseia “na projeção de um holograma e que é escolhido/pensado pelo próprio hotel, para servir de concierge virtual, que auxilia os hóspedes durante a sua estadia, através do fornecimento de informações sobre o hotel (serviços e instalações) e o destino turístico (informações básicas e turísticas)”, explica a aluna de Turismo, destacando que “não é algo padronizado, mas sim adaptado a cada hotel”.

Com este dispositivo, continua Sara Marcôa, “pretende-se a diminuição de pressão na receção, maior facilidade de obtenção de informação por parte dos hóspedes sobre o hotel e o destino turístico e o hotel captar também informações do hóspede”. A aluna adianta ainda que o dispositivo permite ainda ser uma “companhia” para quem viaja sozinho. “Pretende-se que seja algo inovador e diferenciador na estadia, proporcionando assim um maior nível de personalização de serviços e experiências”, constata.

Politécnico de Viana do Castelo prepara alunos para os desafios reais

“O Instituto Politécnico de Viana do Castelo dá oportunidade de participar em concursos de ideias e em estágios e com estas experiências conseguimos ter contacto com o mercado de trabalho antes de acabar a licenciatura”, aplaude a aluna, elogiando ainda o trabalho dos professores. “Os nossos professores desafiam-nos a ter espírito crítico e a pensar mais à frente e isso só nos dá mais competências e experiência”, assume.

Sara Marcôa adianta ainda que, no final da cerimónia, dois empresários mostraram-se interessados na ideia. “Vamos reunir para percebermos se temos viabilidade de fazer uma parceria”, revela a aluna, adiantando que o prémio é uma experiência turística para toda a equipa.

Já a professora da disciplina Projeto em Turismo, Goreti Silva, confessa que o prémio não a surpreendeu, porque “a ideia foi brilhantemente bem defendida”.

Goreti Silva lembra que no IPVC, e em particular na licenciatura em Turismo, a metodologia de trabalho “está assente na oportunidade de os alunos adaptarem desafios concretos de empresas e instituições ligadas ao setor turístico”. Ao trabalhar em situações reais, assegura a docente, “os alunos ficam melhor preparados para os desafios que a sociedade coloca, desenvolvendo competências”.

Para Goreti Silva “desenvolver o projeto já foi um ganho para os alunos, chegar às três ideias selecionadas foi muito bom e o prémio veio consolidar o trabalho realizado e é o corolário”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho