Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Arcos de Valdevez: Feira dos Doces e do Chocolate é “excelente oportunidade de negócio”
Jhonata Robert chega por empréstimo ao Famalicão

Arcos de Valdevez: Feira dos Doces e do Chocolate é “excelente oportunidade de negócio”

Município de Arcos de Valdevez investe meio milhão na rede de água

Arcos de Valdevez: Feira dos Doces e do Chocolate  é “excelente oportunidade de negócio”

Cávado

2019-12-08 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Certame decorre até ao fim da tarde de hoje no Campo do Trasladário. Animar o centro da vila no período natalício é o objectivo da feira, ao qual se juntam o Mercado de Produtos Tradicionais e a mostra de artesanato.

Uma “excelente oportunidade para fazer bons negócios”. Foi desta forma que o presidente da Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, se referiu à Feira dos Doces e do Chocolate, que está a decorrer no Campo do Trasladário.
O evento, a par do Mercado da Terra e da Feira de Artesanato, que também decorrem este fim-de-semana, integra a programação de Natal da vila arcuense.
“Vemos que já há muita gente voltada para os doces e chocolates. Tem sido uma aposta recente. Quando foi o concurso das ‘7 Maravilhas Doces de Portugal’ e os ‘Charutos dos Arcos’, acabou por despertar muita gente para esta oportunidade de mercado”, revelou o edil dos Arcos de Valdevez. Este último dia da feira é preenchido com animação infantil (pinturas faciais) e musical (actuação da banda dos Galos’), além de um ‘showcooking sobre os ‘Charutos dos Arcos’. O dia encerra com a actuação da Escola de Ballet de Ponte da Barca, no auditório da Casa das Artes.
No que diz respeito ao Mercado de Produtos Tradicionais, João Manuel Esteves destacou que “é um momento para mostrar projectos diferentes. Há sempre gente que se liga novamente à terra para apresentar os seus projectos. É uma iniciativa que nos desperta para o lado empreendedor”. No espaço deste mercado é possível conhecer alguns dos projectos que estão a ser aplicados no concelho.
Estes eventos “ajudam a atraír pessoas, a fixar pessoas e permitem às pessoas obter formas de se sustentarem. Cada vez está a chegar gente mais nova e com projectos ao nosso mundu rural”, indicou João Manuel Esteves.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho