Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Arcos de Valdevez investe em novos espaços desportivos e de lazer
Cerveira: Caraterísticas e curiosidades d' "A Perca-Sol" divulgadas online

Arcos de Valdevez investe em novos espaços desportivos e de lazer

Victor Hugo Salgado é recandidato à câmara, mas pelo Partido Socialista

Arcos de Valdevez investe em novos espaços desportivos e de lazer

Desporto

2021-03-03 às 19h00

Miguel Machado Miguel Machado

Emília Cerdeira, vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, destaca que apesar da pandemia a autarquia não parou no investimento em novos projectos desportivos para o concelho, e que reforçou apoios às associações e clubes.

As boas políticas de investimento na área do desporto e incentivos à prática desportiva por todo o concelho já valeram a Arcos de Valdevez a distinção de ‘Município Amigo do Desporto’ em 2019-2020. Manter a valorização das condições de bem-estar e qualidade de vida “de todos os arcuenses”, assim como o apoio às actividades do movimento associativo continuam a ser as prioridades da autarquia, assegura Emília Cerdeira, vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.
“A nossa prioridade, não só neste mandato como nos anteriores, é de que todas as pessoas possam ter acesso ao desporto. Ou seja, permitir que não seja uma condição económica, social ou mesmo uma condição física que impeça uma pessoa de praticar desporto. E permitir a toda a gente que possam fazê-lo de forma segura, e acima de tudo que tenham infraestruturas ao seu seu dispor, felizmente hoje em dia aqui nos Arcos cada vez mais equipadas da forma mais moderna e adequada à prática desportiva. Acima de tudo, pensar nos mais novos e na sua prática desportiva, quer seja através das escolas, dos clubes/associações ou até das próprias famílias. Importante é que tenham acesso ao desporto”, afirmou a vereadora em entrevista ao programa ‘Fórum Desporto’ da rádio Antena-Minho.
Apesar das boas infraestruturas já existentes no concelho, a vereadora refere que a Câmara aproveitou esta fase da pandemia para “fazer obras de requalificação” e que tem novos projectos em desenvolvimento, como a 3.º fase da Zona Desportiva.
“O importante é não parar. Por mais que façamos, nunca está tudo feito. E procuramos fazer investimentos não só na sede do concelho, como em todo o nosso território. Neste momento temos 5 relvados sintéticos em todo o concelho e 2 relvados naturais. Além dos espaços públicos, geridos pelo município, tentamos também que as associações tenham boas instalações, nomeadamente ADECAS (Associação Desportiva e Cultural de Aboim Sabadim) na zona norte, e o Távora na zona sul, que antes tinham pelados e agora já têm já relvado sintético e melhorias das suas instalações ao nível de balneários e iluminação, para que possam promover a sua prática em boas condições. Temos ainda o projecto de alargamento da 3.ª fase da Zona Desportiva, que contemplará mais 4 campos de desportos diversos, e mais entre 3 a 4 campos de Padel e Ténis. Também fizemos obras no pavilhão municipal para o futsal”.

Excelente oferta desportiva

A vila do Rugby num concelho com várias modalidades
Em termos de modalidades, além do desporto-rei que é o futebol, o município de Arcos de Valdevez é também conhecido por ser a Vila do Rugby - a nível nacional e internacional fruto do excelente trabalho desenvolvido pelo CRAV - Clube de Rugby que milita na I Divisão Nacional - mas também por muitas outras actividades desportivas com grande adesão e participação dos arcuenses.
“Quando falamos de um território que tem cerca de 20 mil habitantes, do Alto-Minho, e que tem futebol, rugby, futsal, atletismo, BTT, canoagem, motocross, natação, também a pesca desportiva onde fazemos aqui vários opens, as provas de trail-running e as caminhadas, ainda a caça, tudo actividades que estão à disposição dos nossos habitantes, claro que enquanto responsáveis pela autarquia estamos muito satisfeitos com o trabalho das cerca de 80 associações e clubes que temos no concelho, a quem agradecemos imenso a dedicação e disponibilidade”.
“Estamos muito contentes com o trabalho que que eles desenvolvem no desporto mas também pela sua envolvência e participação enorme nos nossos eventos sociais e culturais ao longo do ano, como carnaval, a reconstituição histórica da batalha de 1141 que deu origem à fundação da nacionalidade que dizemos na brincadeira Arcos de Valdevez onde Portugal se fez, e a já tradicional corrida dos pais natais, uma prova incrível que tem também uma forte componente solidária de recolha de alimentos para ajudar quem mais precisa. Sim, muito satisfeitos com a oferta desportiva que temos, mas obviamente sempre de portas abertas a outras modalidades desportivas que queiram vir implementar no nosso concelho, como será o caso do ténis e do padel que achamos que vão atrair também muitos jovens praticantes.
A autarquia só tem que apoiar”, refere Emília Cerdeira, acrescentando que o dinamismo que se vive no concelho “deve-se também à dinâmica do associativismo dos dirigentes arcuenses”, destaca a vereadora.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho