Correio do Minho

Braga, sábado

- +
ASAE ataca com “resiliência” o mercado da contrafacção
Unidade de rastreio instalada no Multiusos de Guimarães

ASAE ataca com “resiliência” o mercado da contrafacção

Famalicão: “Europa vai ter de reinventar a sua organização produtiva”

ASAE ataca com “resiliência”  o mercado da contrafacção

Cávado

2020-01-23 às 07h00

Redacção Redacção

Em Barcelos e Vila Nova de Famalicão armazéns foram alvo de operação da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica que apreendeu mercadoria avaliadas em 4,7 milhões de euros.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu, em Barcelos e em Vila Nova de Famalicão, cerca de 187 mil artigos contrafeitos, num valor que ascende a 4,7 milhões de euros, anunciou ontem aquela polícia.
Em comunicado, a ASAE refere que a apreensão foi consumada numa “mega operação” inserida numa investigação em curso em dois armazéns, após vigilância durante uma semana, pela suspeita de crime de venda de artigos contrafeitos.
“Como resultado da acção, foi instaurado um processo-crime por venda, circulação e ocultação de artigos contrafeitos num valor total da apreensão que ascendeu a cerca de 4,7 milhões de euros”, sublinha o comunicado.
Entre os 187 mil artigos apreendidos na “Operação Resiliência”, contam-se têxteis, perfumes, marroquinaria e sapatilhas de diferentes marcas conhecidas.
Para transporte da mercadoria apreendida para os armazéns da ASAE, tiveram de ser utilizados sete camiões TIR.
Foram ainda apreendidos 408 euros em numerário e três telemóveis.
Na operação, foi ainda detido um homem, que foi entregue ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), por se encontrar indocumentado em território nacional.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho