Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Avançam troço da variante e rio Torto
Vizela: Câmara instala máquinas de venda de máscaras no concelho

Avançam troço da variante e rio Torto

Uma união ambiciosa e vencedora

Avançam troço da variante e rio Torto

Braga

2020-06-28 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Câmara deve aprovar amanhã o concurso público para construção do troço da Variante do Cávado até Frossos, obra que contempla a requalificação do Rio Torto. Investimento previsto é de 1,6 milhões de euros.

A Câmara de Braga deve aprovar amanhã, em reunião do executivo municipal, o lançamento do concurso público para mais um troço da obra da Variante do Cávado, concretamente a ligação até Frossos.
A intervenção contempla também a regularização do Rio Torto, entre a Avenida do Estádio e a Estrada Nacional 201.
A empreitada vai a concurso público com o preço base de 1.663.004 euros (mais IVA) e com um prazo de execução de 300 dias.

O presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, recorda que a regularização do Rio Torto é uma intervenção “há muito ansiada pelas populações”.
Nas sua página oficial no facebook, o autarca destaca que esta intervenção vai ter efeitos na “alteração do traçado da linha de água”, na “definição de bacias de retenção/infiltração e açudes”, na “beneficiação de passagens hidráulicas” e no “prolongamento da descarga de efluente tratado”.
A intervenção contempla ainda passadiços e ligação de margens e percursos pedonais e zonas de lazer.

A reposição dos serviços afectados e a estabilização das margens e consolidação da galeria ripícola estão também integradas no projecto a concretizar.
“É uma obra fundamental para o bem-estar de todas as populações da zona envolvente”, realça o autarca.
A Câmara Municipal de Braga reúne amanhã, por videoconferência, e da agenda consta também a proposta de alteração ao PDM para a área das Sete Fontes e respectivo Plano de Urbanização, documentos que serão posteriormente sujeitos a discussão pública.

Braga Ciclável aplaude ciclovia na Variante do Fojo

A Braga Ciclável vem a público aplaudir o anúncio da criação de uma ciclovia na variante do Fojo, que originará no estreitamento das quatro vias automóveis para que, na faixa de rodagem, surjam as ciclovias unidireccionais com “balizadores ou tatus”.
Em comunicado, a Braga Ciclável refere que a intervenção na variante do Fojo, numa artéria que introduz todo o fluxo de tráfego vindo da zona da Póvoa de Lanhoso e Gerês na cidade de Braga, “requererá uma grande mestria técnica na gestão do trânsito dado que haverá uma redução da largura das vias”.

A associação “aguardará a sua implementação com especial atenção”, lembrando que outros projectos anunciados, nomeadamente a “humanização da rodovia”, aprovada em reunião de Câmara em 2017, “nunca viu a luz do dia e foi mesmo recentemente afastada pelo presidente da Câmara, que a considerou criadora de condicionantes à fluidez do trânsito”.
No entanto, a Braga Ciclável sustenta que “estes dois projectos não poderão ser implementados separadamente”, uma vez que “se encontram no seguimento um do outro e poderão contribuir para a resolução do problema da fluidez de tráfego e velocidade excessiva que caracterizam aquelas artérias”.

“É necessário adoptar uma perspectiva geral de eficácia de rede e não apenas introduzir alterações centralizadas em pequenos focos problemáticos”, alerta o comunicado.
Para a Braga Ciclável, o acesso de bicicleta ao centro “tem de ser uma prioridade, já que é aí que os cidadãos precisam de se deslocar todos os dias para trabalhar, aceder a serviços ou estudar”. É necessário “pensar o acesso de bicicleta num todo, quer seja para entrar, sair ou circular na cidade”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho