Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Aveiro: Duas pessoas morreram por inalação de gás tóxico e outras duas foram internadas
Inquérito ajuda Braga a afirmar-se como ‘Cidade Leitora’

Aveiro: Duas pessoas morreram por inalação de gás tóxico e outras duas foram internadas

Serviço de transportes de passageiros flexível apresentado em Reunião de Câmara de Guimarães

Casos do Dia

2010-03-01 às 16h43

Lusa Lusa

Uma criança de quatro anos e a avó, de 54, morreram a noite passada na sua residência na freguesia de Louredo, Santa Maria da Feira, por inalação de gás tóxico, disse hoje à agência Lusa fonte dos bombeiros de Lourosa.

Uma criança de quatro anos e a avó, de 54, morreram a noite passada na sua residência na freguesia de Louredo, Santa Maria da Feira, por inalação de gás tóxico, disse hoje à agência Lusa fonte dos bombeiros de Lourosa.

O avô da criança, também de 54 anos, e um tio, de 26, foram transportados de helicóptero para o Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, devido à intoxicação pelos gases libertados no mesmo gerador.

Fonte do Hospital Pedro Hispano disse à Lusa que os dois homens estão a ser tratados na câmara hiperbárica (câmara de oxigenoterapia) daquele hospital, o equipamento no Serviço Nacional de Saúde que está indicado para recuperar pessoas vítimas de intoxicação.

Os dois homens encontram-se em estado 'estável' e depois do tratamento hiperbárico irão ser acompanhados nos Cuidados Intensivos Médicos.

O alerta para as intoxicações chegou aos Bombeiros de Lourosa cerca 10:43.

'As vítimas mortais terão inalado gases libertados por um gerador que estava a trabalhar na cave da habitação desde a passada quinta feira, quando faltou a luz', contou o comandante da corporação, José Oliveira.

Por sua vez, o segundo comandante, José Carlos Pinto, disse que o gerador funcionava a gasolina, libertando monóxido de carbono que, por ter baixa densidade, se foi acumulando nos pisos superiores, onde se encontravam as vítimas.

Não houve qualquer explosão, precisou esta fonte.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico***

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho