Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Banco Alimentar: Papel velho já rendeu seis mil euros em alimentos
Pastelaria do Alívio continua a conquistar clientes com Bolo Primo do Alaska

Banco Alimentar: Papel velho já rendeu seis mil euros em alimentos

Trio de provas eleva Vizela a capital do atletismo

Braga

2012-05-29 às 06h00

José Paulo Silva

Desde o início do ano, o Banco Alimentar Contra a Fome de Braga está a reciclar papel em alimentos. A campanha ‘Papel por Alimentos’ é um complemento às duas recolhas anuais realizadas em dezenas de supermercados do distrito.

Sessenta toneladas de papel para reciclagem foram entregues ao Banco Alimentar Contra a Fome de Braga desde o início do ano, no âmbito da campanha ‘Papel por Alimentos’ .
Os jornais, revistas e folhetos entregues ao Banco Alimentar representam já seis mil euros em bens alimentares, uma vez que, por cada tonelada recolhida, a empresa de reciclagem de papel entrega àquela instituição cem euros em alimentos. A campanha ‘Papel por Alimentos’ enquadra-se num ideal de sensibilização para a importância do papel de cada pessoa na sociedade e para a possibilidade de recuperar e reutilizar coisas que parecem não ter valor.

Não há crise na solidariedade

Os alimentos obtidos desta forma juntam-se às 181 toneladas recolhidas no último fim-de-semana em mais uma campanha do Banco Alimentar em 81 supermercados do distrito de Braga.
A campanha de recolha realiza-se sábado e domingo rendeu exactamente 181.352 quilos de alimentos, que vão ser distribuídos por 96 instituições particulares de solidariedade social.
Na campanha realizada em Maio de 2011 foram recolhidas 158 332 quilos de alimentos.

A direcção do Banco Alimentar de Braga agradeceu ontem “aos voluntários que colaboraram na recolha, transporte, triagem e armazenamento dos produtos doados pelos cidadãos, mas também, e não menos importante, o apoio inestimável dos vários beneméritos, particulares e empresas, que, ao longo de todo ano, tornam possível, com a doação de bens e serviços, o funcionamento do Banco”.

Quem pretender trocar papel velho por alimentos a favor dos mais desfavorecidos pode fazer a entregas nos armazéns do Banco Alimentar (Rua da Confeiteira), nos dias úteis, entre as 9h30 e as 13h00 e das 14h30 às 16h30.
Em muitas instituições sociais apoiadas pelo Banco Alimentar existem também pontos de recolha de papel.

Campanha em números

Na campanha de recolha de alimentos deste fim-de-semana, a população do concelho de Braga contribuiu com mais de 72 toneladas. No concelho de Guimarães foram recolhidos 34 628 quilos de alimentos não perecíveis e, no de Famalicão, 22 537 quilos.
Na distribuição por concelho segue-se Barcelos (14 328 quilos), Fafe(13 430), Esposende, (8 639), Vila Verde (7 248) Vieira do Minho (2 782), Póvoa de Lanhoso (2 337), Vizela (2 197) e Amares (789).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.