Correio do Minho

Braga,

- +
Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva presta homenagem a José Marques
Guimarães: Acidente de autocarro provoca três mortos

Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva presta homenagem a José Marques

Póvoa de Lanhoso: Novo comando dos bombeiros apresentado

Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva presta homenagem a José Marques

Braga

2022-05-14 às 06h00

Redacção Redacção

Hoje, pelas 15.30 horas, no Auditório da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, realiza-se uma sessão de homenagem ao historiador, bibliotecário-arquivista e professor universitário José Marques. Iniciativa integra o Ciclo Conhecer Braga.

Citação

O Auditório da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva (BLCS) acolhe esta tarde, a partir das 15.30 horas, uma sessão de homenagem ao historiador, bibliotecário-arquivista e professor universitário José Marques.
A sessão tem como oradores o José Viriato Capela (Universidade do Minho), Maria Cristina Cunha (Faculdade de Letras da Universidade do Porto), Arnaldo Melo (Universidade do Minho) e o cónego Eduardo Duque (Cabido Metropolitano e Primacial Bracarense e Universidade Católica Portuguesa).
A par com a conferência será inaugurada uma exposição bibliográfica das obras mais importantes do homenageado.

Esta é mais uma sessão do Ciclo Conhecer Braga, através das suas instituições, dos ilustres bracarenses e do seu património’, iniciado este ano pela BLCS, e que tem como objectivo dar a conhecer aos bracarenses as suas personalidades mais notáveis (com maior destaque em termos culturais e de pensamento critico), a sua riqueza arquitectónica, as suas festividades cíclicas e as suas organizações.
Embora tendo nascido no Alto Minho, o José Marques foi um insigne bracarense tendo-se tornado o maior investigador sobre a Idade Média, sobretudo a Idade Média tardia em Braga, o seu senhorio e a sua Arquidiocese.
António Gonçalves, técnico da BLCS responsável por esta sessão, considera que José Marques foi “um homem notável na sua simplicidade e cultura”.
“Privei com o professor na Biblioteca Pública de Braga, que me transmitiu alguma da sua imensa sabedoria e conhecimento. Braga perdeu um grande historiador medievalista”, realça.

José Marques deixou legado inigualável

José Marques, nasceu em Roussas (Melgaço) a 12 de Agosto de 1937. Foi sacerdote católico e professor universitário na Faculdade de Letras do Porto. Foi historiador de cronologias amplas (desde a Antiguidade aos nossos dias), de geografias diversificadas, de temáticas múltiplas.
Estudioso da Idade Média, sobretudo da Idade Média tardia, o seu grande domínio é a Arquidiocese de Braga, núcleo da sua tese de doutoramento (‘A Arquidiocese de Braga no século XV’, defendida em 1985) e de tantos outros trabalhos sobre Braga e o seu Senhorio na alta Idade Média. A maioria dos seus escritos (mais de 500 títulos) pode considerar-se um autêntico monumento ao conhecimento e à investigação.
José Marques abordou questões de história urbana (depois de Braga, Barcelos, Porto, Vila Real, Moncorvo, Vila do Conde e Melgaço), tendo sido também um reputado especialista em Paleografia e Diplomática e grande impulsionador do Curso de Especialização em Ciências Documentais, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Colaborou com as universidades de Coimbra, Açores, Católica, Fluminense de Niterói, no Brasil, e de Louvain-la-Neuve, na Bélgica. Foi director da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (1982-1985) e coordenador, de 1984 a 1998, da ‘Revista da Faculdade de Letras’, nas séries de História, Filosofia e Línguas e Literaturas Modernas. Membro, desde 1983, da Academia Portuguesa da História, foi vice-presidente do Instituto Galaico-Minhoto, do qual foi um dos fundadores em 1982. Foi sócio correspondente da Real Academia de la Historia, de Madrid, das sociedades de Estudos Medievais, da qual foi sócio fundador, em 1985, e da espanhola, do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, da Comission Internationalle de Diplomatique, tendo sido seu vice-presidente em 2008, e do Comité International de Paléographie Latine, da UNESCO, desde 1989.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho