Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva tem 1.751 manuais escolares para emprestar
Curso de Português Língua Estrangeira funcionará este ano em regime misto

Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva tem 1.751 manuais escolares para emprestar

Galeria do Theatro Club acolhe XXIV Exposição Aberta de Artes Plásticas da Póvoa de Lanhoso

Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva tem 1.751 manuais escolares para emprestar

As Nossas Escolas

2020-06-23 às 06h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

A 1 de Julho próximo arranca a 9.ª edição da Bolsa Solidária de Manuais Escolares - um projecto de “êxito” da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, que tem sido cada vez mais requisitado pela comunidade. Este ano, há 1751 manuais escolares para emprestar.

A partir do próximo dia 1 de Julho, já podem ser levantados os manuais escolares na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva. Neste momento a Bolsa de Manuais Escolares tem para emprestar um total de 1.751 livros e Aida Alves, directora do equipamento volta a sensibilizar a comunidade bracarense a partilhar os manuais que tem em casa no sentido de ajudar quem mais precisa.
Esta é já a 9.ª edição da Bolsa de Solidária de Manuais Escolares promovida pela biblioteca e o projecto tem sido “um êxito”, já que as solicitações para empréstimo têm vindo em crescendo.
Só no ano lectivo passado (2019/2020) foram emprestados 4.326 manuais. Um número que, segundo a responsável, evidencia bem a importância que tem este projecto nascido com base na solidariedade, mas que tem apoiado muitas famílias.

Os manuais escolares que a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva disponibiliza anualmente por esta altura aos alunos são “um apoio crucial” para muitos agregados familiares, diminuindo-lhes a ‘factura’ dos encargos que têm no início do ano lectivo.
Agora é época de uma nova temporada, quer para requisitar os manuais, quer para devolver os que foram emprestados pela biblioteca no passado ano lectivo. A devolução dos manuais acontece sempre no final das aulas e, este ano, pode ser efectuada a partir do final desta semana até ao dia 31 do próximo mês de Julho.

A directora Aida Alves volta a deixar uma mensagem de sensibilização a toda a comunidade, no sentido de proceder à oferta dos manuais escolares do 5.° ao 12.° ano de escolaridade que tiverem em casa, doando-os à biblioteca, para que esta os possa facultar a quem precisa no âmbito da Bolsa de Manuais Escolares que volta a abrir já na próxima semana.
“O grande objectivo desta bolsa criada, que tem um cariz solidário, é permitir a partilha de manuais escolares, bem como a economia de recursos”, sublinhou a directora da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho