Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Braga assume-se como a capital da promoção do vinho verde
Construção de novos navios é sinal de vitalidade dos Estaleiros Navais

Braga assume-se como a capital da promoção do vinho verde

Homem acusado de tentar matar pais em Braga nega ter incendiado o quarto

Economia

2018-10-16 às 16h36

Miguel Viana

Iniciativas como o ‘Verde Cool’ têm contribuido para a promoção não só do concelho, mas também de toda uma região onde o vinho verde é das principais produções agrícolas.

A cidade de Braga tem condições para ser a capital da promoção do vinho verde. A ideia foi transmitida por Altino Bessa, vereador do Ambiente, Energia e Desenvolvimento Rural, Turismo e Defesa do Consumidor na Câmara Municipal de Braga , num encontro com jornalistas, no âmbito da iniciativa Verde Cool, promovida em colaboração com a Associação Comercial de Braga. Altino Bessa lembrou que além de um concelho, Braga promove toda uma região. “O município de Braga é, seguramente, aquele que mais promove a marca vinho verde. Não promovemos uma sub-região, um produto ou uma casta de vinho verde, mas promovemos o vinho da região. Braga é a capital do vinho verde ao nível da promoção”, disse Altino Bessa.

Uma opinião partilhada pelo presidente da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes. “Braga está a assumir uma vocação que no passado não tinha, por perceber que é um grande centro urbano e turístico. É enriquecedor ter um produto que é único na região”, revelou o presidente da Comissão, Manuel Pinheiro.
No ponto de vista da Associação Comercial de Braga também estão reunidas as condições para Braga ser a capital da promoção dos vinhos verdes.

Em forma de balanço, a iniciativa Verde Cool foi encarada como um verdadeiro sucesso. “Foi uma iniciativa com muito sucesso. Toda a gente ficou satisfeita e agradou a toda a gente. A adesão dos empresários foi espectacular. Há casos de estabelecimentos que estavam adormecidos e registaram grande afluência de consumidores”, disse Domingos Barbosa, presidente da Associação Comercial de Braga.

O vereador Altino Bessa destacou também o enorme retorno económico para a cidade provocado pela iniciativa ‘Verde Cool’. “Isto tem um reflexo na economia local. Hoje o consumo de vinho é muito maior. Há espaços que se criaram associados ao vinho verde. Isto acompanhou a dinâmica turística do município” disse Altino Bessa.
O vereador lembrou ainda o impacto na economia particular de cada produtor.
Ontem foram visitados os espaços Corriqueijo, Restaurante Diana, Time To e Mostarda e Chocolate.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.