Correio do Minho

Braga,

- +
Braga integra ensaio clínico de novo tratamento para Esclerose Múltipla
Município de Caminha reabilita infraestruturas e ruas em Vila Praia de Âncora

Braga integra ensaio clínico de novo tratamento para Esclerose Múltipla

Serviços de Centro de Reabilitação Motora alargados no CSVH

Braga integra ensaio clínico de novo tratamento para Esclerose Múltipla

Ensino

2024-02-19 às 10h14

Redacção Redacção

Centro Clínico Académico – 2CA Braga está participar num ensaio clínico de Fase I para um novo tratamento da Esclerose Múltipla. É o único centro em Portugal a participar no ensaio.

Citação

O Centro Clínico Académico – 2CA Braga, integrado na Unidade Local de Saúde de Braga (ULS de Braga) está a participar num ensaio clínico, de Fase I, para avaliar a segurança, tolerabilidade, imunogenicidade, farmacocinética e farmacodinâmica de uma nova molécula, um anticorpo monoclonal (Mab) anti-CD20 com maior penetração no sistema nervoso central, em utentes com Esclerose Múltipla com surtos, ou Esclerose Múltipla progressiva, mas não activa.
O 2CA-Braga é o único centro em Portugal a participar neste ensaio. O estudo, multicêntrico, não aleatorizado e aberto, está em curso em diversos países, incluindo Estados Unidos da América, Polónia, Alemanha, Bélgica, Israel, Itália e Portugal.
“A participação do 2CA Braga neste ensaio clínico de Fase I é um marco importante para o centro e para a investigação da Esclerose Múltipla em Portugal”, afirma João Cerqueira, investigador principal do ensaio.
“É com alto sentido de missão que continuamos empenhados em contribuir para o desenvolvimento de novos tratamentos que possam melhorar a qualidade de vida dos utentes com esta patologia”, reforça.

Em comunicado, a ULS explica que neste ensaio, os participantes foram divididos em seis ‘coortes’ (grupo de pessoas com características comuns), cada uma das quais recebendo uma dose diferente do Mab anti-CD20: 7 mg, 20 mg, 70 mg, 200 mg, 700 mg e 2000 mg. Cada ‘coorte’ é dividida em dois grupos, sendo que um participante ‘sentinela’ recebe a dose única no primeiro dia. Após uma ‘avaliação dos dados deste utente, os restantes participantes da coorte podem iniciar a medicação.
No 2CA Braga, foram integrados três utentes no estudo, dois na coorte 2 (20 mg) e um na coorte 6 (2000 mg). Este último utente foi o ‘sentinela’ da ‘coorte’ 6, sendo o primeiro a nível mundial a receber, no passado dia 23 de Janeiro, a dose mais alta definida pelo protocolo, o que representa um aumento de cerca de 2,85 vezes em relação à dose anterior.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho