Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Braga regista dez novos casos numa semana e mantém 22 activos
CeNTI oferece viseiras a instituições sociais para proteção individual

Braga regista dez novos casos numa semana e mantém 22 activos

Filigrana da Póvoa de Lanhoso eleita ‘maravilha’ da cultura popular do distrito

Braga regista dez novos casos numa semana  e mantém 22 activos

Braga

2020-07-15 às 06h00

Redacção Redacção

Braga registou, na última semana, mais dez novos casos de Covid-19 e mais dez recuperados. Desde o início da pandemia já foram infectados 1409 bracarenses, mas apenas 22 estão com a infecção activa.

No espaço de uma semana, o concelho de Braga registou mais dez novos casos de Covid-19, elevando para 1409 o número de infecções confirmadas desde o início da pandemia. No mesmo período, foram dadas como recuperadas mais dez pessoas, contabilizando-se agora em 1313 os bracarenses que já venceram a doença.
O número de óbitos mantém-se nos 74, sendo que desde meados de Maio apenas se verificou mais uma morte associada à Covid-19.
Contas feitas, ontem, ao final da tarde, Braga registava um total de 22 casos activos, número idêncitico ao verificado no mesmo dia da semana passada.
Analisando os dados disponibilizados pela autoridade de saúde local, Ricardo Rio considera que o desenrolar da situação epidemiológica do concelho “ainda se mantenha em linha com o que tem vindo a acontecer nas últimas semanas”.
“Não temos propriamente uma mudança de padrão. Felizmente ainda estamos com a situação relativamente controlada”, referiu ao edil ao ‘Correio do Minho’.
No entanto, o presidente da Câmara Municipal alerta que “é previsível que se venha a verificar um aumento do número de casos ao longo das próximas semanas por força, naturalmente, do avançar do processo de desconfinamento e do aumento de focos de contágio”.
Nessa linha, Ricardo Rio apela ao sentido de responsabilidade das pessoas.
Recorde-se que a Câmara Municipal de Braga ainda mantém em funcionamento, até ao final deste mês, o Centro de Emergência de Braga, que está a funcionar no Pavilhão Polidesportivo da Escola Básica de Nogueira. Trata-se de uma valência que acolhe pessoas infectadas com Covid-19 sem condições para cumprir o confinamento nos respectivos domícilios.
É um serviço que está a ser coordenado pela Delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa.
A resposta de âmbito distrital que funcionou no Sameiro já foi desactivada.
Neste momento, a Câmara Municipal de Braga “está a avaliar a possibilidade de criar uma unidade de âmbito mais local” para prestar apoio a situações em que seja necessário efectuar confinamento e não existam condições para o fazer no respectivo domicílio.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho