Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Braga é uma das cidades onde mais se consome e promove o vinho verde
Dupla de centrais inédita para embate com briosa

Braga é uma das cidades onde mais se consome e promove o vinho verde

Campanha natalícia arranca com a ligação da iluminação e do som ambiente nas ruas

Braga é uma das cidades onde mais se consome e promove o vinho verde

Braga

2019-10-13 às 06h00

Paula Maia Paula Maia

Cidade dos Arcebispos assume-se como um dos principais pólos de promoção do Vinho Verde, néctar que cativa cada vez mais pessoas de diferentes faixas etárias. Ontem, a Caminhada pelo Vinho Verde passou pela capital minhota.

Braga assume-se como das principais cidades promotoras do vinho verde e com uma das taxas de consumo mais elevadas. Os dados foram divulgados pelo vereador do Turismo e Desenvolvimento Rural da Câmara Municipal de Braga no final da Ca- minhada pelo Vinho Verde, iniciativa da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) que ontem passou pela capital minhota, associando-se ao Verde Cool, uma acção dinamizada pela Associação Comercial de Braga (ACB) em parceria com a autarquia bracarense onde o vinho verde é o principal protagonista.
O vinho verde está hoje no topo das preferências dos portugueses, sobretudo na Região Demarcada que se estende por todo o noroeste de Portugal, Entre-Douro-e-Minho. Além do factor qualidade que o torna distinto dos demais, a aposta na promoção tem colocado este néctar em patamares de excelência.
O Vinho Verde Fest, festival promovido pela autarquia bracarense, que completou este ano a sua sexta edição, é um dos exemplos apontados por Altino Bessa para a promoção do vinho verde, assim como o Verde Cool. “O contributo que Braga deu para este seja um produto cada vez mais consumido e com visibilidade junto dos consumidores, contribuindo também para a sua projecção para o exterior já que recebemos muitos turistas, é indiscutível”, afirmou o vereador, sublinhado ainda o trabalho que a Comissão de Viticultura tem vindo a fazer neste âmbito.
“Conseguiu-se juntar vários factores que fazem com que o vinho verde seja hoje um dos vinhos mais exportados, com um valor económico de mais de 200 milhões de euros. E Braga é uma das cidade que mais vinho verde consome, contagiando, de alguma forma, a própria região. É claramente a capital do Vinho Verde ao nível da promoção”, prossegue o dirigente camarário.
Em Março a CVRVV deu início a um programa de 11 caminhadas pelo território, cultura e história dos Vinhos Verdes nas diferentes sub-regiões. Através de inscrição, os interessados visitaram várias quintas de produção, conhecendo a sua história, o seu modo de produção e efectuando uma prova, atestando da diversidade e qualidade que os Vinhos Verdes têm para oferecer.
Em Braga, a caminhada que ontem juntou mais de uma centena de pessoas associou-se à iniciativa Verde Cool, percorrendo alguns dos 49 estabelecimentos aderentes. “Esta foi uma caminhada diferente, uma vez que não fomos a quintas, não vimos adegas. Vimos património porque o vinho verde não é só vinho e vinha. É também património, cultura”, referiu Rita Trindade, coordenadora da Academia de Vinho Verde.
A caminhada culminou com uma degustação no Picoto Adventure Park, onde os convivas desfrutaram de um copo de vinho verde tendo a cidade de Braga como pano de fundo.
Rui Marques, director-geral da ACB revela que este “é o fecho em beleza” da iniciativa Verde Cool, acrescentando que apesar de Braga não ser um centro produtor de vinho, “provavelmente é o maior palco de consumo e promoção”.
O responsável assume também que o facto da caminhada da CVRVV passar por Braga revela a importância que o Verde Cool tem na projecção e promoção do vinho verde ao nível da região. “Tem tido um sucesso extraordinário e com cada vez mais cliente”, diz a propósito Rui Marques.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.