Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Cabreiros e Dumiense empatam num jogo onde faltou eficácia
Campanha natalícia arranca com a ligação da iluminação e do som ambiente nas ruas

Cabreiros e Dumiense empatam num jogo onde faltou eficácia

BE exige retirada de amianto de escolas

Cabreiros e Dumiense empatam num jogo onde faltou eficácia

Desporto

2019-10-21 às 06h00

Daniela Monteiro Daniela Monteiro

Resultado final mostrou a falta de eficácia e de finalização das duas equipas. Antes do intervalo o Cabreiros parecia bem encaminhado, até que Lopes atira de cabeça à própria baliza, fazendo o 1-1.

As oportunidades de golo não foram muitas, o que acabou por ditar o empate no marcador entre Cabreiros e Dumeinese, este fim-de-semana.
À décima jornada do campeonato da Pró-Nacional a pontaria esteve desafinada e ditou a perda de pontos das duas equipas, que se encontravam lado a lado na tabela classificativa.
O Dumiense vinha de uma série de vitórias nas últimas jornadas, mas no jogo deste fim-de-semana a vontade e a inspiração não estiveram do lado da equipa liderada por José Pedro Barreto, que viu os três pontos voarem. Já o Cabreiros que completava um ciclo de derrotas, conseguiu marcar primeiro, aos 38 minutos e encaminhar o jogo, até que Lopes, de cabeça, aos 44 minutos, desvia para dentro da própria baliza.
Um golo antecedido de falta, que Miguel Veiga, treinador do Cabreiros, considera não existir e que fez questão de dizer ao árbitro, logo ao intervalo.

No início da partida as equipas mostraram pouco gás, sendo uma primeira parte equilibrada, já que a falta de eficácia e de afinação pertenceu às duas formações. As equipas estavam desorientadas, sempre à procura de golo, é certo, mas com passes mal executados e muitas tentativas falhadas.
Aos 22 minutos surgiu uma grande oportunidade na área do Cabreiros, que o Dumiense não soube aproveitar. Muita atrapalhação e pouca firmeza no remate continuava a ditar o nulo no marcador.
Os minutos foram passando e as duas formações bracarenses pareciam não conhecer o caminho para a vitória, até que aos 38 minutos, o número 88 do Cabreiros, Flavinho, aproveitou uma perdida de bola do adversário e partiu com tudo para a baliza, fazendo o 1-0, para a equipa da casa.

Festejos dentro e fora de campo que duraram pouco, já que a reacção do Dumiense foi positiva face ao golo sofrido. No entanto, e apesar do golo ter chegado aos 44 minutos para a equipa visitante, chegou pela cabeça de Lopes, que ao tentar desviar para fora acertou na própria baliza, sem possibilidade de defesa de Malhão. Balde de água fria antes do intervalo que deixou o Cabreiros sem reacção.
Na segunda parte a equipa da casa entrou melhor, mas os visitantes não deram descanso e procuraram, com tudo, chegar ao golo, o que não aconteceu.
Erros na finalização traduziram o empate final, numa partida com pouco sumo. Uma batalha difícil para Cabreiros e Dumiense que somam 11 e 10 pontos no campeonato, respectivamente.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.