Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Calçada de Cones ‘fechada’ por razões de segurança
Guerreiros renovam máquina mas mantêm mesmo espírito

Calçada de Cones ‘fechada’ por razões de segurança

Rancho Folclórico S. João Baptista honra a tradição há 26 anos

Calçada de Cones ‘fechada’ por razões de segurança

Casos do Dia

2019-12-13 às 11h00

Miguel Viana Miguel Viana

Perigo de queda de pedras do muro de uma casa degradada levou ao encerramento da via ao trânsito durante alguns dias.

A parte mais estreita da Calçada de Cones, na freguesia de Maximinos, está encerrada ao trânsito automóvel por motivos de segurança.
O muro de uma casa devoluta existente no local está em risco de ruir, e por essa razão, a União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade decidiu interditar a passagem de automóveis no local.
“Estão a cair algumas pedras desse muro e a situação pode agravar-se com a chuva que tem ocorrido por estes dias e com a água que escorre no local. Por isso, resolvemos interditar a passagem”, explicou ao Correio do Minho, Luís Pedroso, presidente da União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade que revelou, também, que o troço em causa vai ser alargado dentro de pouco tempo.
“Aquela zona está para ser alargada. O projecto da obra já existe e deve estar concluído ainda este mês. Em princípio a obra vai ser feita por administração directa da União de Freguesias”, frisou Luís Pedroso.
O autarca acrescentou que já estão a ser consultados empreiteiros “para demolirem a casa devoluta.” As obras de demolição devem acontecer nos primeiros dias de Janeiro do próximo ano, sendo que os trabalhos de alargamento devem ter início nos meses de Abril ou Maio de 2020.
A Calçada de Cones costuma ser muito utilizada por automobilistas que se dirigem de Real para Braga, ou vice-versa, particularmente pelos que se dirigem ao Colégio de Nossa Senhora das Graças, a poucos metros do local. Esta calçada serve de alternativa ao trânsito que circula na Rua Nova da Estação, pelo que o corte ao trânsito tem causado incómodos a vários automobilistas e residentes na zona.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.