Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Câmara de Braga assume testes rápidos à Covid-19 no ensino privado
Experiência e honestidade são valores que marcam a liderança da Remax Braga

Câmara de Braga assume testes rápidos à Covid-19 no ensino privado

Exercício, diversão e bem-estar em mais uma edição do Move-te

Câmara de Braga assume testes rápidos à Covid-19 no ensino privado

Braga

2021-03-10 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Ricardo Rio garante que nas escolas de Braga todos vão ter acesso à testagem gratuita, sejam do público ou privado. “Não são aceitáveis opções políticas que tratem de forma discriminatória cidadãos em iguais circunstâncias”, defende o edil.

Ricardo Rio garante que, em Braga, “terão acesso a testagem gratuita, todos os professores, funcionários e alunos que sejam excluídos da política nacional de testagem para os mesmos níveis de ensino que os seus congéneres do sector público”.
O presidente da Câmara Municipal confirmou ao Correio do Minho a informação, antevendo que a medida deverá custar “algumas dezenas de milhares de euros”, dependendo do que for assumido pelo Governo.
A estratégia nacional de rastreio à Covid-19 nas escolas foi divulgada na segunda-feira e prevê a realização de testes rápidos de antigénio a todos os professores e restantes funcionários assim como aos alunos do ensino secundário, numa operação avaliada em quase 20 milhões de euros.

De fora ficou o ensino particular e cooperativo.
A Câmara de Braga entende que “as opções técnicas emanadas pela DGS quanto à Estratégia Nacional de Testagem (nomeadamente quanto aos públicos-alvo) devem ser respeitadas”, mas considera que “não são aceitáveis as opções políticas que tratem de forma discriminatória cidadãos em iguais circunstâncias, apenas em função do seu contexto estar associado ao sector público ou ao sector privado”.
“A saúde pública não é um mecanismo de pretensa ‘justiça social’”, realça Ricardo Rio.

Braga com apenas quatro casos activos

Caiu para quatro o número de casos activos de Covid-19 em Braga, sendo que durante o dia de ontem não foi registado qualquer novo caso em Braga.
De acordo com os números transmitidos pela autoridade de saúde pública ao Município, o número total de casos mantinha-se ontem ao final do dia nos 16.492.
Também não se registou qualquer óbito, mantendo-se em 196 as mortes a lamentar.
Foram dados como recuperadas quatro pessoas, sendo agora os curados 16.292.
Em vigilância activa, por terem tido contacto de risco com alguém infectado, estão agora 115 pessoas, menos 26 do que na segunda-feira. Braga está no nível mais baixo de risco para contágio da Covid-19.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho