Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Câmara de Famalicão disponível para ajudar no caso da infeção em lar privado de Cavalões
Braga: Julgamento de tráfico de droga em pavilhão

Câmara de Famalicão disponível para ajudar no caso da infeção em lar privado de Cavalões

Viana: Revisão Orçamental com reforço de 220 mil euros

Câmara de Famalicão disponível para ajudar no caso da infeção em lar privado de Cavalões

Vale do Ave

2020-03-22 às 18h00

Redacção Redacção

Oito infectados por coronavírus num lar famalicense

Na sequência da deteção de uma infeção por coronavírus no lar Residência Pratinha, Cavalões, Vila Nova de Famalicão que colocou de quarentena parte substancial dos funcionários afetos ao serviço, o Municipio de Vila Nova de Famalicão, que teve conhecimento do problema nas últimas horas, presta os seguintes esclarecimentos:


1 – O município está a acompanhar com preocupação a situação que envolve os seniores institucionalizados na residência, os colaboradores da instituição, assim como a inquietação vivida pelos familiares de uns e de outros.


2 – A situação é do foro da saúde, sendo responsabilidade das entidades da Saúde e da Segurança Social.


3 – Foram estas entidades que reportaram o problema à Câmara Municipal. No preciso momento em que o município teve conhecimento da situação, tudo fez e continuará a fazer para, no âmbito das suas competências, contribuir para a melhor solução, auxiliando as entidades responsáveis. Com a ajuda da Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Famalicão e da Associação Mais Vida, está assegurado o fornecimento das refeições para os utentes.

4 – O Município sabe que as autoridades de saúde a nível concelhio e regional estão a procurar respostas, que passarão pelo reforço dos colaboradores no apoio à instituição e seus utentes, ou pela deslocação destes para outro local.



5 – Este não é o tempo para apurar causas e responsáveis, mas desejamos que o que está a ocorrer não se repita.



6 – A Câmara Municipal continua e continuará com todos os seus meios e recursos, a apoiar as instituições famalicenses assegurando condições para que todos os utentes das mesmas tenham os devidos cuidados.



7 - A Câmara Municipal, no âmbito da Proteção Civil Municipal e do pelouro da saúde, criou um Gabinete de Crise para a COVI-19 que tem procurado e está disponível para trabalhar de forma concertada com as instituições locais, regionais e nacionais, de saúde e de proteção civil.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho