Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Câmara Municipal de Guimarães apoia clubes em 1,5 milhões de euros
Navio Gil Eannes remodela espaços museológicos e prepara regresso dos visitantes

Câmara Municipal de Guimarães apoia clubes em 1,5 milhões de euros

Plataforma +Cidadania apresentada aos encarregados de educação

Câmara Municipal de Guimarães apoia clubes em 1,5 milhões de euros

Desporto

2021-01-26 às 17h01

Miguel Machado Miguel Machado

Numa época de grandes dificuldades, devido à pandemia, para a sustentabilidade das colectividades do concelho, a autarquia vimaranense avançou com 1,5 milhões para apoiar investimentos vários.

Com o desporto vimaranense a viver um período delicado para sobreviver durante esta fase da pandemia da covid-19, numa situação que se arrasta desde Março do ano passado e ainda sem fim à vista, a Câmara Municipal de Guimarães decidiu avançar com uma verba de 1,5 milhão de euros para apoiar os clubes e instituições desportivas vimaranenses neste ano 2021.
Desse valor, segundo explica a autarquia em nota de imprensa, 468 mil euros são para o apoio à formação, e 651 mil euros para dotar os clubes de melhores condições desportivas”.
A reforçar a aposta na sustentabilidade das colectividades do concelho, o vereador do Desporto, Ricardo Costa, afirma que o Município de Guimarães não podia ficar indiferente nesta fase difícil da vida dos clubes.
“Mantemos este apoio a nível financeiro para apoiar os clubes num período delicado, devido à situação de pandemia, mesmo com a atividade suspensa. O Município reconhece as dificuldades dos clubes e estes apoios servem para prepararem a retoma da atividade desportiva dos nossos jovens”, disse aos meios de comunicação da câmara.
Segundo a mesma nota, foi aprovado ainda um subsídio de 270 mil euros ao Vitória SC para a edificação de um mini-estádio de futebol, estando previsto que a verba seja entregue em três tranches anuais de 90 mil euros, de 2021 até 2023.
O Município de Guimarães vai apoiar ainda a construção de novos sintéticos para o GD Panteras de Matamá, GD Longos, Os Sandinenses, a ACRD Nespereira e o Centro Desportivo de Pinheiro/Junta de Freguesia.

A lista de apoios atribuídos à formação desportiva:
Vitória SC - 120.000 euros
Moreirense FC - 20.000
Xico Andebol - 17.500
Guimagym - 17.500
CART - 15.000
Piratas Creixomil - 15.000
CP Fermentões - 12.500
Guimarães Rugby - 12.500
Amigos Urgeses - 12.500
Brito SC - 12.500
CCD Ronfe - 12.500
AN Tabuadelo - 12.500
CSP Candoso - 12.500
Pevidém SC- 10.000
GDU Torcatense- 10.000
Sandinenses - 10.000
CD Ponte - 10.000
Candoso Santiago - 10.000
GRC Aldão - 10.000
UD Polvoreira - 10.000
Ases Sta Eufémia - 10.000
CC Taipas - 10.000
GD Selho - 10.000
Associação Juvenil de Karaté Portugal - 7.500
Salgueiral - 7.500
UD Airão - 7.500
Academia de Patinagem- 6.000
ACR Lordelo - 6.000
JUNI - 5.000
Clube Ténis - 5.000
GTeam Football Club - 2.500
UCRD Guardizela - 2.500
CS Brito - 2.500
Ténis de Mesa Taipas - 2.500
KFT Guimarães - 2.500
GD Unidos do Cano - 2.000
Karaté Shotokan - 2.000
Atletismo das Taipas - 2.000
Clube Rope Skipping - 2.000
ACRD Nespereira - 2.000
ARCAP - 1.500
Clube Ténis Taipas - 1.000
Panteras Matamá - 1.000
CD Guimarães - 1.000
Prazins e Corvite - 1.000.

Subsídio de 270 mil
Vitória SC vai construir um mini-estádio
O Vitória SC vai avançar com a construção de um mini-estádio de futebol para servir o clube nas suas várias actividades e equipas, contando com o apoio da Câmara Municipal de 270 mil euros. Uma verba faseada em três tranches até 2023.

GD?Longos realiza ‘sonho’ de ter relvado
Com a atribuição de um subsídio de 200 mil euros por parte da Câmara Municipal de Guimarães para a construção de um relvado sintético, o Grupo Desportivo de Longos não escondeu a sua satisfação por um desejo “de há muitos anos”. Em declarações ao Grupo Santiago, o presidente Manuel Gonçalves avançou que o clube pretendo iniciar as obras até ao mês de Abril, de modo a ter o recinto pronto para a próxima temporada 2021/2022.

Panteras de Matamá e Nespereira também vão ter piso sintético
No seguimento da evolução natural dos clubes, os relvados sintéticos são condições mais atractivas para os jovens e para os clubes promoverem os seus projectos desportivos. Outros dos clubes vimaranenses que vão já avançar com as obras para colocação de piso sintético, fruto dos subsídios atribuídos pela autarquia de Guimarães são o Panteras de Matamá e da ACRD Nespereira. Também em declarações ao Grupo Santiago, imprensa vimaranenses, os dirigentes adiantaram que a ideia é terem os recintos a tempo de iniciar a para a nova época.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho