Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Carlos Carvalhal: “Sentimento de orgulho pelo comportamento da equipa”
Consignada empreitada de remodelação de Estrutura Residencial para Pessoas Idosas em Vila Nova de Anha

Carlos Carvalhal: “Sentimento de orgulho pelo comportamento da equipa”

Município de Braga renova certificação de qualidade

Carlos Carvalhal: “Sentimento de orgulho pelo comportamento da equipa”

Desporto

2021-01-26 às 06h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Carlos Carvalhal abordou o jogo com o Gil ainda com a final atravessada. Técnico diz ter recusado a medalha por não ser “hipócrita”. Ainda assim, nota que a cidade gostou da atitude frente ao Sporting.

A final da Taça da Liga, na qual foi expulso ainda na primeira parte, ocupou uma boa parte da conferência de imprensa de Carlos Carvalhal, de antevisão ao duelo de hoje (19.45 horas), com o Gil Vicente. O técnico bracarense recusou, inclusive, receber a medalha de finalista e explicou, com uma analogia, porquê.
“Quando se é convidado para uma festa de aniversário e se, sem razão aparente, se é expulso dessa festa por nenhum motivo, colocado ao frio e à chuva, pergunto se se for chamado para soprar as velas, se volta à festa outra vez. Não sou hipócrita, não voltei porque me puseram fora da sala sem qualquer motivo”, disse o técnico, que acrescentou que, se for castigado, nem quer “adjectivar”.
Para fechar o capítulo Taça da Liga, Carvalhal quis destacar a simbiose que se verificou entre equipa e adeptos após a derrota com os leões.
“Conheço bem a cidade e o clube e sei que há um sentimento de orgulho muito grande pelo comportamento da equipa”, frisou, adiantando que a equipa tem de mudar rapidamente o chip para o jogo de hoje.
“Vamos reagir bem e vamos a jogo diante de um adversário difícil, com um treinador que foi meu jogador e que organiza muito bem as equipas. Vamos ter que ter alguma paciência, mas vamos estar ao nosso melhor nível para ganhar. É uma empreitada muito difícil, muito complicada, mas isso advém de estarmos em todas as competições e não querermos abdicar de nenhuma”, garantiu, assumindo que fisicamente os gilistas têm vantagem, com nove dias de descanso, contra três do Braga.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho