Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Cavaquinhos feitos com material ecológico para apreciar no Museu dos Biscainhos
Estafeta da Amizade reforça vertente solidária com as CERCIS de Guimarães e Braga

Cavaquinhos feitos com material ecológico para apreciar no Museu dos Biscainhos

Primeiro tempo de Guerreiro para confirmar o triunfo

Cavaquinhos feitos com material ecológico para apreciar no Museu dos Biscainhos

Braga

2019-06-15 às 18h47

Paula Maia Paula Maia

São 165 os trabalhos que são corpo à mostra ‘O Meu Cavaquinho Ecológico’ e que resulta de um desafio lançado por Carlos Campos aos bracarenses para construírem um cavaquinho a partir de um molde em papel. O resultado é surpreendente.

“Uma aposta ganha”. Foi desta forma que Carlos Campos, promotor do evento ‘Braga Capital do Cavaquinho’ classificou o resultado do desafio lançado aos bracarenses para que construíssem um cavaquinho a partir de um molde em papel. O resultado foi “surpreendente” e está agora patente numa mostra que o Museu dos Biscainhos até dia de São João.
Em exposição estão 165 cavaquinhos, dando corpo à mostra ‘O Meu Cavaquinho Ecológico’.

‘Braga Capital do Cavaquinho’ serviu de mote para esta exposição onde o desafio era recorrer a produtos reutilizáveis e ecológicos para dar vida um dos instrumentos musicais mais característicos do concelho.
“Não há um instrumento igual ao outro”, refere ao CM Carlos Campos, mostrando-se surpreendido com o empenho, a entrega e dedicação dos participantes, cujas idades são muito distintas. “Temos trabalhos de pessoas de todas as idades, desde crianças do pré-escolar que construíram o instrumento juntamente com os seus pais, a jovens e adultos”, adianta o responsável. A riqueza dos trabalhos apresentados é também traduzida pela diversidade de materiais utilizados, que vão desde o papelão, ao tecido, passando pelo esferovite, a cortiça, o crochet, os bordados, entre muitos outros.

“A qualidade das obras é espantosa. Fiquei muito surpreendido. Nunca penei que as pessoas aderissem em massa”, adianta o promotor do ‘Braga Capital do Cavaquinho, adiantando que no próximo ano o desafio a apresentar aos bracarenses será mais abrangente, mas tendo sempre em conta a história e a cultura do concelho.
Recorde-se que o Festival de Braga Capital do Cavaquinho tem lugar no próximo dia 22, na Praça do Artesão, local onde este e outros instrumentos vão ‘ganhar’ vida durante as festas de S. João.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.