Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
CDU quer abrir debate sobre remunicipalização da Agere
Empresa “Guimarães Marca” vence categoria Têxteis Lar do Fashion Film Festival

CDU quer abrir debate sobre remunicipalização da Agere

Mart'Nália trouxe o samba a Ponte da Barca

CDU quer abrir debate sobre remunicipalização da Agere

Braga

2021-10-17 às 14h44

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Eleitos da CDU vão propor, “no primeiro momento possível” a abertura do processo de discussão para devolver a Agere à gestão pública.

A CDU quer abrir de imediato a discussão pública em torno da devolução da Agere à gestão municipal. O objectivo foi assumido por Bárbara Barros, vereadora, e João Baptista, eleito da Assembleia Municipal, que traçaram as principais linhas de acção para o novo mandato.
“Proporemos, no primeiro momento possível, a discussão da devolução da empresa municipal Agere à gestão pública, canalizando os seus lucros para a melhoria dos serviços prestados à população e para uma gradual redução das tarifas”, referiu Bárbara Barros, lembrando que “na campanha eleitoral, outras forças políticas verbalizaram acordo com esta perspectiva, nomeadamente os então candidatos Ricardo Rio e Hugo Pires”.

“Passadas as eleições, é o momento de passar à concretização desta intenção e de não continuar a desperdiçar mais tempo”, apela a vereadora.
Os eleitos da CDU deram ainda conta de outras prioridades de que não abdicam e pelas quais vão manter a luta, nomeadamente a luta pelos direitos dos trabalhadores da esfera municipal: “Continuaremos ao lado dos trabalhadores das empresas municipais na exigência do pagamento das horas trabalhadas a mais e na denúncia e melhoria das condições de trabalho dos jardineiros e varredores do município”.
A requalificação do parque escolar é outra bandeira, bem como “o regresso das Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) à esfera municipal”.
Ainda na educação, a CDU continua a defender um modelo de fornecimento de refeições escolares único e universal para todas as escolas do concelho e ainda AAF e CAF “sem mais encargos para as famílias”.

No capítulo da mobilidade, a CDU insiste na necessidade de intensificar o investimento nos transportes públicos, “com aquisição gradual de novas viaturas para aumento da frota disponível, e a descida da tarifa aplicada às zonas mais afastadas do centro da cidade”.
“Insistiremos na criação de faixas de circulação dedicadas aos transportes públicos e a criação de ciclovias com separação física e em condições de segurança para utilização de modos suaves de transporte, aumentando a eficácia destes meios de transporte e criando alternativas ao uso do automóvel no concelho”, explicou Bárbara Barros.
Para a CDU é também vital que avance a requalificação do Bairro das Andorinhas e vai insistir “na requalificação urgente dos fogos da empresa Bragahabit e na aquisição de mais fogos para habitação pública, por forma a dar uma resposta mais célere à fila de espera para a habitação social”.

A abertura e disponibilização do Parque das Sete Fontes, a musealização das Convertidas e do Teatro Romano, a intervenção no edifício da Fábrica Confiança para fins culturais e a concretização da requalificação do S. Geraldo de forma a disponibilizar este equipamento o quanto antes ao público são outros projectos da os eleitos da CDU querem ver concretizados.
A vereadora referiu ainda que vai continuar a exigir a revogação do regulamento do Mercado Municipal para satisfazer os anseios dos operadores.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho