Correio do Minho

Braga,

- +
Cerveira assinala Centenário do Edifício dos Paços do Concelho com cerimónia simbólica
Rochinha quebra açorianos e indica caminho da Europa

Cerveira assinala Centenário do Edifício dos Paços do Concelho com cerimónia simbólica

Furacão González abateu frágil habitação em Moreira de Cónegos

Cerveira assinala Centenário do Edifício dos Paços do Concelho com cerimónia simbólica

Alto Minho

2021-04-08 às 16h15

Redacção Redacção

A cerimónia culmina com uma restrita e curta sessão solene no Cineteatro de Cerveira, na qual será projetado um breve documentário e apresentado o livro “Paços do Concelho de Vila Nova de Cerveira – 100 anos de serviço público”, com o intuito de registar o contexto que levou os antepassados Cerveirenses a lutar pela necessidade de construção de um novo edifício para acolhe os serviços públicos, deixando material para memória futura.

Porque toda a História é alicerçada em contextos excecionais, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira não podia deixar de comemorar os 100 anos do edifício dos Paços do Concelho, inaugurado a 9 de abril de 1921, por ser um exemplo do genuíno e acérrimo sentido de comunidade dos Cerveirenses. Apesar da pandemia Covid-19, esta efeméride é assinalada, esta sexta-feira, com uma cerimónia simbólica e restrita, e que também marca o arranque da vasta programação alusiva aos 700 anos da Fundação de Vila Nova de Cerveira (1 de outubro de 1321).
2021 apresenta-se como um ano verdadeiramente histórico para Vila Nova de Cerveira, pelo que a autarquia definiu uma programação alargada por seis meses, de forma a fazer coincidir duas datas: o primeiro centenário do edifício dos Paços do Concelho e os sete séculos da atribuição do foral a Vila Nova de Cerveira pelo Rei D. Dinis.
Dando cumprimento às diretrizes emanadas pela Direção Geral de Saúde, a cerimónia prevista para esta sexta-feira inicia às 09h30, com o ato de hastear das bandeiras acompanhado pela Academia de Música Fernandes Fão e com Guarda de Honra dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira, seguindo-se um recital de poesia nas varandas do Salão Nobre, com as poetisas cerveirenses Maria José Areal e Adelaide Graça.
Pela singular importância, este momento ficará gravado na memória futura com o descerramento da laca comemorativa ao centenário e, como a 9 de abril, também se assinala o Dia do Soldado Desconhecido, consta do programa a colocação ode uma coroa de flores n’ A Memória, monumento alusivo à Guerra Peninsular, assim como alargar esta homenagem aos militares mortos durante a Guerra Colonial (1961-1974), com ato idêntico no monumento erguido na Avenida Heróis do Ultramar.
A cerimónia culmina com uma restrita e curta sessão solene no Cineteatro de Cerveira, na qual será projetado um breve documentário e apresentado o livro “Paços do Concelho de Vila Nova de Cerveira – 100 anos de serviço público”, com o intuito de registar o contexto que levou os antepassados Cerveirenses a lutar pela necessidade de construção de um novo edifício para acolhe os serviços públicos, deixando material para memória futura.
Ex-libris de Vila Nova de Cerveira e da identidade cerveirense, o Castelo de Cerveira acolheu, ao longo dos séculos, vários serviços jurídicos, religiosos, militares, e a própria Câmara Municipal funcionou, durante largos anos, num edifício no interior das muralhas, onde ainda hoje permanece o icónico Pelourinho, símbolo de jurisdição municipal.
Mas, o evoluir dos tempos e as exigências da sociedade obrigaram a repensar um novo edifício para servir de Paços do Concelho, e os primeiros sinais datam de 1908, com o assunto a ser levantado em reunião de câmara. Em apenas um ano, o projeto da autoria do arquiteto Carlos Fernandes Leituga foi aprovado por unanimidade. No entanto, a história revela que o processo de edificação foi longo e com alguns contratempos, desde logo financeiros e burocráticos, mas sobejamente resolvidos com pronta resposta de beneméritos cerveirenses. O início da construção do edifício remonta a janeiro de 1916, tendo sido inaugurado a 9 de abril de 1921.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho