Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Cidadãos já podem escolher um dos 38 projectos do Orçamento Participativo
Mais de 100 utentes beneficiados com Protocolo de Cooperação entre o Município de Ponte de Lima e o Centro Paroquial e Social de Fornelos

Cidadãos já podem escolher um dos 38 projectos do Orçamento Participativo

Câmara do Comércio de Cyclades em Viana do Castelo para analisar possibilidade de cooperação entre as duas regiões

Cidadãos já podem escolher um dos 38 projectos do Orçamento Participativo

Braga

2019-10-16 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Até 15 de Novembro pode votar em apenas uma das 38 propostas do Orçamento Participativo da Câmara Municipal de Braga. Projectos estão divididos em sete áreas.

Apesar de terem sido apresentadas menos propostas, o sexto Orçamento Participativo da Câmara Municipal de Braga tem a votação, até ao dia 15 de Novembro, 38 projectos “bastante interessantes e de qualidade”, garantiu a vice-presidente, Sameiro Araújo, adiantando que a segunda fase de votação foi suprimida (ver caixa ao lado).
O princípio geral do Orçamento Participativo é delegar nos cidadãos a decisão relativamente ao que fazer com uma parte do Orçamento do Município. “O Orçamento Participativo oferece aos cidadãos novos direitos e novas responsabilidades. Todos devem fazer valer a sua posição e contribuir para que o Orçamento Participativo seja cada vez maior e tenha cada vez mais dignidade”, apelou ainda a vice-presidente do município.
A sexta edição do Orçamento Participativo da Câmara Municipal de Braga, que começou em 2015, tem o montante global é de 750.000 euros.

Na edição deste ano foram apresentadas 47 propostas, sendo que estão a votação, até o dia 15 de Novembro, 38 projectos distribuídos por sete áreas: Cultura e património (material e imaterial); Desporto, saúde e bem-estar; Trânsito, mobilidade, acessibilidades e segurança rodoviária; Equipamentos (melhoria ou reparação de equipamentos, culturais, sociais, etc.) e espaços públicos (jardins, parques, praças, etc.); Solidariedade e coesão social; Turismo, comércio e promoção económica; e Ecologia, ambiente e energia. Nas próximas edições, o jornal Correio do Minho vai dar a conhecer os 38 projectos mais detalhadamente.

Na área de intervenção Cultura e Património (material e imaterial) são cinco os projectos apresentados: ‘Braga Beethoven Music Festival’; ‘Remodelação da Capela de N.ª Sr.ª das Candeias’, em Tadim; ‘Conservação, restauro e reabilitação da Capela de Nossa Senhora da Graça’, em Padim da Graça; ‘Presépio Movimentado de Sequeira e os presépios de Braga’; e o ‘Centro de animação gastronómica e vínica de Priscos’.
Já na área de intervenção Desporto, saúde e bem-estar, estão a votação sete projectos: ‘Boxe uma luz para o futuro’; ‘Requalificação dos balneários do polidesportivo de Esporões’; ‘Desporto Lazer e Bem-Estar em Adaúfe’; ‘Aldeia das Religiões’; ‘Requalificação do campo de futebol de Tebosa’; ‘Recuperação do Estádio 1.º de Maio’; e ‘Espaço de escuta e dinamizador de actividades na e para a comunidade’.

Entretanto, na área Trânsito, mobilidade, acessibilidades e segurança rodoviária são cinco as propostas apresentadas: ‘Zona Escola 1’; ‘Colocação de medidas de acalmia do trânsito na Avenida Robert Smith’;’Projecto de Pedonização da Rua do Anjo’; ‘Criação de zonas avançadas para bicicletas’; e ‘Criação de cacifos de rua para bicicletas e lugares de estaciona- mento para bicicletas em parques públicos e privados’.
A área dedicada a Equipamentos (melhoria ou reparação de equipamentos culturais, sociais, etc.) e espaços públicos (jardins, parques, praças, etc.) é a que abrange mais projectos com 10 a votação: ‘Praia urbana da rodovia’; ‘Jogo na mesa’; ‘Biblioteca infanto-juvenil da Rodovia; ‘Parque das Gerações’; ‘Ginástica sem frio’; ‘Uma casa do povo de todos - requalificação de um espaço multiuso’; ‘Stay. Fica e lê’; ‘Restauro do edifício da estufa do Parque da Ponte’; ‘CreScHe a Brincar’; e ‘Gatil comunitário e centro de adopção responsável’.

Na área Solidariedade e coesão social estão a votação sete projectos: ‘APPACDM - uma família, um lar, uma casa’; ‘Um jardim para todos’; ‘Futuro+Jo- vem’; ‘Remodelação do Centro Social e Paroquial de Celeirós’; ‘Centro Apoio Actividades Sénior’; ‘Projecto seniores activos’; e ‘Pin It’.
A área Turismo, comércio e promoção económica conta apenas com um projecto a votação: ‘Uma casa para voar!’.
Por último, a área de Ecologia, ambiente e energia conta com três projectos a votação: ‘Braga Verde’; ‘Espaço Natureza em Acção n’ O Apeadeiro’; e ‘Animais de companhia e errantes’.
Podem votar todos os cidadãos com idade igual ou superior a 16 anos que residam, trabalhem ou estudem em Braga e que se inscrevam no portal do Orçamento Participativo da autarquia.

Oito projectos foram vencedores entre as 73 propostas apresentadas

Foram oito os projectos vencedores da edição do ano passado do Orçamento Participativo do Município de Braga. Os projectos vencedores foram: a requalificação dos balneários do rinque de Padim da Graça (82.600€), com 1.967 votos; o projecto ‘Idade Maior Braga Oeste’, Sequeira (85.000€), com 1.859 votos; o Centro Interpretativo dos Abades de Priscos (85.000€), com 1.255 votos; a cobertura do rinque desportivo de Oliveira (85.000€) com 1238 votos; a implementação de valências no rocódromo de escalada, Gualtar (84.800€), com 709 votos; a reabilitação da Escola do Padrão, Tadim (85.000€), com 518 votos; o projecto ‘APPACDM – Vamos dar cobertura a este projecto, Gualtar (85.000€) com 396 votos’; e a remodelação da Igreja Matriz Velha de Lomar (85.000€), com 343 votos.
O Orçamento Participativo contou, o ano passado, com 12.263 participantes registados. Num universo de 73 projectos apresentados, passaram à primeira fase de votação 49 propostas, tendo sido registados 7.921 votos. Na segunda fase estiveram a votação 29 projectos, tendo sido obtidos 9.638 votos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.