Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Clube de Ténis de Braga com portas abertas a todos os bracarenses
Alunos de Lomar e Arcos participam em workshop de instrumentos musicais ao ar livre

Clube de Ténis de Braga com portas abertas a todos os bracarenses

Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal em Guimarães, 24 de Junho

Desporto

2019-04-24 às 10h11

Joana Russo Belo

Clube de Ténis de Braga prepara o ponto alto do ano com a realização do Braga Open 2019, prova do calendário do ATP Challenger Tour. Clube quer levar o ténis a toda a população e tem dois protocolos à vista.

É um clube de portas abertas à cidade, que quer levar o ténis a todos os bracarenses. Depois do recente sucesso na oitava edição do torneio Braga Open Under 12 - prova internacional que juntou cerca de 100 jovens atletas em representação de 19 países - as baterias estão agora apontadas ao Braga Open 2019, o ponto alto do ano, que irá trazer a Braga os principais nomes da modalidade, numa prova do calendário do ATP Challenger Tour. O torneio realiza-se de 6 a 12 de Maio e foi um dos destaques do Programa Fórum Desporto da Rádio Antena Minho, cujo convidado foi João Mota, presidente do Clube de Ténis de Braga.
“A nossa preocupação é fazer chegar o ténis a toda a população, o Clube de Ténis de Braga está aberto a toda a gente que queira praticar desporto. Temos as portas sempre abertas, ao contrário do que muita gente ainda sente, porque há a ideia de que é um desporto elitista. Mas não é. Uma raquete de ténis compra-se hoje em qualquer sítio por valores acessíveis e para começar a modalidade não é preciso muito, costumo dizer que acaba por ser mais caro praticar futebol do que o ténis”, sublinhou o presidente, lembrando as vantagens de um “desporto individual”.
“Quem está no campo tem de resolver por ele próprio, não tem ajuda de ninguém e é aí que dá o equilíbrio emocional às crianças, ajuda-as no desenvolvimento pessoal e até ao nível escolar. Está provado que, a nível escolar, os desportos individuais ajudam muito”, frisou João Mota.
Actualmente com 387 alunos, o CTB tem em andamento um projecto que irá atrair ainda mais jovens à modalidade: “temos condições para crescer. Faz parte do programa da direcção sair fora de portas. Está previsto abrirmos escolas em duas freguesias de Braga, para permitir o acesso mais perto de casa. Vamos assinar o protocolo, brevemente, queremos levar o ténis às freguesias, para que todos possam praticar, já que não há limites de idade. O nosso atleta mais novo tem quatro anos e a nossa aluna mais velha 81. Eu próprio não era praticante e passei a ser, num momento em que tive um esgotamento, fui aprender aos 40. É uma modalidade que ajuda a descomprimir, é uma terapia”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.