Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
CM Socks ganha Prémio Inovação em Havana
Viana inicia recuperação ecológica de cinco monumentos naturais

CM Socks ganha Prémio Inovação em Havana

Direcção do CRAV continua por mais nove meses

CM Socks ganha Prémio Inovação em Havana

Economia

2019-12-08 às 08h00

Redacção Redacção

CM Socks – Peúgas Carlos Maia conquistou a Medalha de Ouro da Feira Internacional de Havana, relativa ao Prémio Inovação, com as Prevent Sprain, umas meias que previnem entorses e cuja tecnologia está patenteada em 143 países.

A empresa famalicense ‘CM Socks - Peúgas Carlos Maia’ ganhou o Prémio Inovação da FIHAV - Feira Internacional de Havana, com a ‘Prevent Sprain Technology’, uma meia capaz de prevenir e ajudar na recuperação de entorses e cuja tecnologia incorporada está já patenteada em 143 países.
As meias ‘Prevent Sprain’, desenvolvidas em colaboração com a Escola Superior de Saúde do Porto, tem um reforço nas zonas particularmente sensíveis dos ligamentos, e para além de prevenir entorses, diminuem a fadiga muscular, dando ainda estabilidade e conforto ao pé.
Carlos Maia, proprietário da CM Socks, confessa que a distinção é “uma honra” para a empresa, mas também acarreta uma grande exigência. Entre mais de 100 países, foram atribuídas seis medalhas no evento e uma delas veio para Portugal, mais concretamente para Famalicão.
O município famalicense já deu os parabéns à empresa. O presidente da Câmara, Paulo Cunha, e o vereador Augusto Lima destacaram o feito alcançado pela CM Socks através de publicações nas redes sociais.
O vereador de Economia, Empreendedorismo, Inovação, turismo e Internacionalização, realçou que “é muito gratificante ver a afirmação internacional das empresas famalicenses. Bem como é relevante assistir à conquista de um prémio inovação numa feira para além do espaço europeu. Parabéns à CM Socks pela medalha de oura na FIHAV. A economia famalicense cada vez mais no mapa mundial”, .
A CM Socks foi fundada em 1995, por Carlos Maia. A empresa foi “alvo de uma revolução” em 2017, quando abandonou o fabrico de meias básicas para se dedicar aos artigos mais técnicos e de alta qualidade, como as meias sem costura e para a área da saúde.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho