Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Câmara e Hospital de Guimarães realizam ação de promoção da saúde mental
Sindicato e bolseiros denunciam “roubo” salarial na integração de precários

Câmara e Hospital de Guimarães realizam ação de promoção da saúde mental

Tinham o pássaro na mão e ele fugiu...

Câmara e Hospital de Guimarães realizam ação de promoção da saúde mental

Vale do Ave

2020-01-22 às 17h17

Redacção Redacção

Iniciativa dirigida à primeira infância, com a participação de educadoras das escolas públicas do concelho.

Alerta para os princípios de uma estratégia de prevenção eficaz e identificação precoce de problemas em crianças e jovens com sinais de patologias psiquiátricas foram assinalados numa sessão que decorreu esta terça-feira, 21 de janeiro, dirigida aos profissionais de educação de infância no ensino público de Guimarães.  Esta iniciativa foi desenvolvida em parceria pela equipa de saúde mental infantojuvenil do Hospital de Guimarães e os serviços de Educação da Câmara Municipal de Guimarães.
 
Em representação do Hospital de Guimarães, Virgínia Rocha mencionou que “a prevenção e a identificação precoce de patologias psiquiátricas nestas idades é de enorme mais valia em termos sociais e económicos. Os médicos e outros técnicos da saúde mental têm obrigação de capacitar, divulgar o conhecimento e sensibilizar os decisores para o grande impacto a longo prazo de medidas preventivas e promotoras de saúde mental na população infantojuvenil”.
 
A Vereadora da Educação da Câmara de Guimarães, Adelina Pinto, sublinhou que “a prevenção das doenças mentais tem evidência da sua eficácia, mas necessita de mais ação” e daí resulta esta ligação num contexto de interação clínico com as escolas. “Este é um trabalho crucial a desenvolver no contexto do pré-escolar, numa altura em que as crianças desenvolvem a sua autonomia, onde começam a ser definidas regras e importa sinalizar o quanto antes as problemáticas que interferem no desenvolvimento global”, salientou.
 
O projeto “Primeira Infância e saúde mental” está a ser implementado de uma forma interdisciplinar, resultante da parceria entre Hospital de Guimarães e Câmara Municipal, com um modelo de intervenção na pré-escola para sensibilização dos fatores de risco e de vivencias adversas que prejudicam o desenvolvimento das crianças, alertando para sinais precoces de patologia de neurodesenvolvimento e psiquiátrica nestas idades, discutir estratégias na gestão de comportamentos desajustados e promover competências sociais, literacia e bem-estar psicológico.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.