Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Colégio Dom Diogo de Sousa celebra 75 anos de História e de histórias
Vila Verde: Da ditadura à democracia em exposição na Biblioteca Municipal

Colégio Dom Diogo de Sousa celebra 75 anos de História e de histórias

CIM Cávado reconhece a importância do cooperativismo para o crescimento económico

Colégio Dom Diogo de Sousa celebra 75 anos de História e de histórias

Ensino

2024-02-26 às 12h31

Redacção Redacção

A comunidade educativa do Colégio Dom Diogo de Sousa (CDDS) protagonizou diversos momentos artísticos, que foram desde a música, passando pela dança até à representação, no âmbito do Sarau Cultural, que teve como tema central ‘Colégio com história(s)’.

Citação

No ano em que se comemoram os 75 anos do Colégio Dom Diogo de Sousa, os alunos do 12.º ano, orientados pelos professores, apresentaram momentos únicos, dado o valor artístico de actuações que desafiaram todos a sonhar e a viajar no tempo. Pelo auditório Monsenhor Elísio Araújo, passaram alguns dos temas de saraus culturais que fazem parte da história do Colégio, desde ‘Emocionário’, inspirado em poemas de Fernando Pessoa, a ‘Livros’, passando pelo ‘Século XX’, ‘Disney’, ‘Cinema’ e ‘Uma noite no museu’. Ainda houve tempo para dar ‘A volta ao Mundo’ e reviver vários momentos marcantes destes 75 anos de História e histórias, não sem haver espaço para cada um dos novos finalistas deixar a sua marca na edição deste ano.

Para o director do Colégio, padre Cândido Sá, o tema deste ano ‘Colégio com História(s)’ “é profundamente significativo. Convida-nos a mergulhar nas páginas do passado, relembrando os momentos de glória, os desafios superados e as histórias que moldaram a identidade desta instituição ao longo dos anos. Desde os seus primeiros dias, o Colégio tem sido um farol de educação, de valores e de fé, guiando gerações de jovens para um futuro promissor”. Segundo o padre Cândido Sá, este Sarau permitiu fazer uma boa retrospectiva e manifestar a devida gratidão pelo padre Elísio que, há 75 anos, ergueu os alicerces do Colégio. “A sua visão inspiradora ecoa em cada sala de aula, em cada corredor, em cada coração que atravessa as portas desta escola. E é com orgulho que vemos os frutos desse legado: jovens talentosos, prontos para enfrentar o mundo com sabedoria, compaixão e coragem”, concluiu o director do CDDS.
Impelidos pelo estímulo de proporcionar um espectáculo emotivo e inclusivo, os alunos tiveram o cuidado de incutir em cada manifestação valores estruturantes do Colégio, como a família, união, respeito, fraternidade, audácia, trabalho e a resiliência.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho