Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Concurso de postais ilustrados
Feira do Fumeiro, mais um sucesso para o concelho

Concurso de postais ilustrados

Famalicão revela o talento do teatro amador

Concurso de postais ilustrados

Ensino

2010-04-12 às 06h00

Redacção Redacção

Iniciativa, dirigida a estudantes de Ciências da Comunicação e áreas afins, propõe a criação de uma série de postais ilustrados alusivos à história dos media e terá como prémio uma máquina fotográfica digital.

O Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade do Instituto de Ciências Sociais (ICS) da Universidade do Minho (UM) lançou dois concursos de mérito especialmente dirigidos a estudantes de Ciências da Comunicação e áreas afins. A iniciativa é da equipa do projecto de investigação ‘Postais Ilustrados: para uma sócio-semótica da imagem e do imaginário’.

Um dos concursos visa a criação de uma série de seis postais ilustrados alusivos à história dos media e terá como prémio uma máquina fotográfica digital. O outro concurso propõe a criação de uma reportagem audiovisual que retrate o uso que as pessoas fazem ainda hoje dos postais ilustrados, tendo como prémio uma câmara digital.

Os trabalhos vencedores vão estar em exibição no Congresso Mundial de Ciências da Comunicação da IAMCR - International Association for Media and Communication Research, que se realiza na UM em Julho de 2010.
O prazo de submissão dos trabalhos termina a 31 de Maio.
O júri atenderá à criatividade e à originalidade, ao domínio das técnicas jornalísticas e à harmonia da narrativa.
 
Projecto pioneiro

Este é um projecto pioneiro a nível nacional, que visa a recuperação dos postais ilustrados enquanto expressão ou materialização do imaginário popular. Mais do que uma abordagem estritamente académica, este projecto propõe-se prestar um serviço público, pretendendo oferecer à comunidade um museu virtual da memória colectiva deste suporte.

O repertório abrange postais desde 1860 até à actualidade, incluindo por isso variantes contemporâneas do fenómeno, como o são os free cards ou os electronic cards. Uma vez inventariado, o material integrará uma base de dados, que se propõe constituir uma espécie de museu virtual da memória colectiva.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.