Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Concurso para projecto de expansão da Quinta Pedagógica de Braga avança ainda este ano
Município entregou aspiradores urbanos elétricos a quatro vilas de Guimarães

Concurso para projecto de expansão da Quinta Pedagógica de Braga avança ainda este ano

As melodias do amor ecoaram no concerto da Escola de Música da Vila de Prado

Concurso para projecto de expansão da Quinta Pedagógica de Braga avança ainda este ano

Braga

2020-01-22 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Mais área e mais valências é o que se pretende com o projecto de alargamento da Quinta Pedagógica de Braga. Os terrenos já estão na posse da Câmara Municipal de Braga. Ricardo Rio não garante que as obras comecem este ano.

No dia do 16.º aniversário da Quinta Pedagógica de Braga, o presidente da Câmara Municipal de Braga mostrou-se “muito convicto” que ainda durante este ano vai avançar o concurso para a execução da área de expansão daquele equipamento municipal. “Há tramitações que têm que ser cumpridas no projecto, mas durante este ano teremos o projecto a concurso para execução dessa área ampliada”, assegurou Ricardo Rio, não garantindo, no entanto, que já vai haver obra.

Os terrenos adjacentes à Quinta Pedagógica já estão nas mãos da autarquia, depois de uma “operação urbanística de cedência da área para equipamentos e espaços verdes”, informou o presidente, confirmando que “o projecto da expansão da área de implementação da Quinta Pedagógica e da criação de novas valências, como é o caso do picadeiro, está assumido”.
O objectivo do município é que a Quinta Pedagógica de Braga possa oferecer novos complementos e actividades para enriquecer e dar mais qualidade de vida àquela zona. “Mais do que ser um equipamento isolado da sua envolvente, queremos que a quinta seja cada vez mais fruída pelos moradores da zona como espaço de lazer”, desafiou Ricardo Rio.

Ultrapassados os 41 mil visitantes em 2019, o presidente realça que desde 2013 até hoje praticamente duplicou-se o número de visitantes anual. “Estamos sustentadamente acima dos 40 mil visitantes por ano e isso é testemunho da dinâmica que a quinta pedagógica conseguiu desenvolver ao longo destes últimos anos”, defendeu.
Tal como Ricardo Rio considera que “os trabalhadores são o segredo do sucesso da Quinta Pedagógica”, também o vereador responsável por este equipamento municipal, Altino Bessa, assegurou que são os colaboradores que fazem deste espaço público o que é. “Esta quinta é inclusiva e intergeracional e acolhe todos com muito carinho”, referiu o vereador.
O objectivo, acrescentou ainda Altino Bessa, “é chegar mais longe e a um maior número de pessoas com um programa de actividades cada vez mais diversificado”.

Hoje, a quinta já é visitada por muitas crianças de concelhos do distrito de Braga e da Área Metropolitana do Porto. “Conquistamos o maior número de visitantes de sempre. O crescimento da quinta tem sido sempre constante e sustentado e, no último ano, ultrapassamos os 40 mil visitantes”, constatou.
Por isso, Altino Bessa fez um “balanço positivo e o intento é continuar a contribuir com excelência, inovação e dedicação para a prestação de serviços na área socioeducativa, privilegiando o contacto com os usos, costumes e tradições rurais e incentivando a partilha de experiências e saberes entre gerações”.

Quinta Pedagógica é “referência e mais-valia para todos”

Passeios de charrete, visita à quinta e realização de várias actividades pedagógicas marcaram o dia de ontem na Quinta Pedagógica de Braga. E na festa de aniversário não faltou o bolo e os muitos convidados para cantar os parabéns a este equipamento municipal que há 16 anos está ao serviço da comunidade educativa e da região, considerado por todos “uma referência e mais-valia”.
Da Fundação Vieira Gomes, a educadora Filipa Soares destacou a importância da existência da Quinta Pedagógica de Braga para a instituição. “Já fazemos parte da Quinta Pedagógica, porque fazemos inúmeras actividades ao longo do ano”, contou a educadora, que ontem acompanhou 22 crianças do pré-escolar na festa de aniversário daquele equipamento municipal. “Trata-se de um projecto muito interessante, permitindo o contacto com a natureza e a realização de várias actividades diferentes e com materiais diferentes”, referiu ainda a responsável, enaltecendo o facto de na Quinta Pedagógica de Braga conseguirem realizar actividades que na escola não é possível.

Já do Centro de Dia do Fundo Social da Câmara Municipal de Braga, o Correio do Minho conversou com Maria Pinto Fernandes e Laurinda da Silva, que recordaram os tempos de infância e de adolescência passados a cultivar a terra. “É muito importante para nós participar em actividades aqui na quinta, sobretudo, pelo convívio com os mais novos”, confidenciaram. À conversa depressa se juntaram Maria Lobão e Eusébia Correia, utentes também do Centro de Dia do Fundo Social da Câmara Municipal de Braga. “Gostamos de fazer de tudo aqui. Ver os animais, mexer na terra e aproveitar para ensinar muitas coisas aos mais novos. Adoramos crianças e o convívio que aqui nos proporcionam é fantástico”, contaram as utentes do centro de dia, garantindo que a Quinta Pedagógica de Braga “é um paraíso”.

Mais à frente, a celebrar o aniversário da Quinta Pedagógica de Braga estavam 82 alunos da EB1 de Frossos. A coordenadora, Vânia Gonçalves, admitiu que este espaço “ajuda as crianças a aprender em contexto de prática e com uma liberdade diferente do contexto sala de aula”. Os mais novos adoram as experiências e para a coordenadora as actividades desenvolvidas naquele equipamento são “bastante pedagógicas”.
A festa, que contou com o apoio do Pingo Doce do Braga Parque, contou com a participação de crianças do Jardim de Infância e da EB1 de Frossos, da Associação Maconde e da Fundação Vieira Gomes, bem como de seniores do Fundo Social dos Funcionários do Município de Braga e de voluntários do Banco Local de Voluntariado.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.