Correio do Minho

Braga, quarta-feira

‘Convergências’ distinguidas em gala ‘Ari(t)mar’ na Galiza
Espectáculo para escolas divulga história e identidade de Braga

‘Convergências’ distinguidas em gala ‘Ari(t)mar’ na Galiza

Detenções por tráfico de estupefacientes e condução sob o efeito do álcool

Nacional

2018-10-22 às 06h00

Marta Amaral Caldeira

A Semana Cultural ‘Convergências’ vai ser distinguida na Gala dos Prémios da Música e da Poesia Galego-Portuguesas da ‘Ari(t)mar’, a realizar em Santiago de Compostela no próximo dia 31.

A Semana Cultural ‘Convergências Portugal Galiza’, organizada pela grupo bracarense Canto D’Aqui, vai ser distinguida na Gala dos Prémios da Música e da Poesia Galego-Portuguesas. O evento, que vai também atribuir um prémio a Salvador Sobral pelo seu tema ‘Amar pelos Dois’, vai ter lugar no próximo dia 31, no Auditório Galicia, em Santiago de Compostela.
Esta gala enquadra-se na iniciativa ‘Ari(t)mar - Galiza e Portugal’, organizada pela Escola Oficial de Idiomas de Santiago de Compostela, com o objectivo de dar conhecer e divulgar a poesia publicada e a música editada na Galiza e Portugal, assim como aproximar a cultura e a língua dos dois países em prol das ligações da lusofonia.

O certame atribui quatro prémios: Melhor Canção Galega e Melhor Canção Portuguesa e Melhor Poema Galego e Melhor Poema Português. De entre a lista de 10 finalistas, a semana cultural ‘Convergências’ do grupo bracarense ‘Canto D’Aqui’ e o cantor Salvador Sobral foram os eleitos pelo júri, além de Alexandre Brea, galego que editou em português o poema intitulado ‘Com o ritmo da chuva’.
Do leque dos galardoados fazem parte ainda a Banda da Loba (música galega) com o tema ‘Bailando as ruas’ e Lois Pérez, com o poema ‘Blues do rei Bergman = B. B. King’.

Refira-se que as ‘Convergências’ são uma semana de encontro cultural, musical e literário entre as duas margens do Minho que reúnem em Braga, Padrão e Santiago de Compostela (Galiza) artistas interessados em ampliar os horizontes de diálogo entre a Galiza e Portugal.
Nesta semana cultural, que ocorre, por norma, no mês de Fevereiro, celebram-se precisamente as convergências de ambos os povos, com concertos, teatro, palestras, lançamentos e declamações de poemas, num momento único onde a lusofonia é característica comum.

Jaime Torres, do Grupo Canto D’Aqui, diz-se “orgulhoso” de um prémio que, no fundo, é também um elogio ao trabalho que tem sido feito com a Semana Cultural ‘Convergências’.
Refira-se que o grupo musical bracarense tem feito um trabalho considerado muito importante ao nível da recuperação da música tradicional portuguesa.
Jaime Torres refere que os bracarenses sentem esta proximidade com os vizinhos galegos e as ‘Convergências’ visam precisamente fortelacer as suas relações.
O responsável destaca o importante apoio que a Câmara Municipal de Braga dá para que esta iniciativa seja um sucesso.
Refira-se que o projecto cultural ‘Ari(t)mar’ é patrocinado pela Xunta de Galicia, Provincial Deputação da Corunha e do Conselho de Polos de Santiago de Compostela, além do Instituto Camoes EO do Grupo Europeu de Cooperação Territorial Galicia-Norte de Portugal.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.