Correio do Minho

Braga, sábado

- +
‘Conversas Abertas’ querem promover sociedade inclusiva
Programação do TGV com sabor natalício em Barcelos

‘Conversas Abertas’ querem promover sociedade inclusiva

Projeto de Modernização do Aproveitamento Hidroagrícola de Sabariz-Cabanelas

‘Conversas Abertas’ querem promover sociedade inclusiva

Braga

2019-10-16 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Com o Lema ‘Crescer, viver e agir numa sociedade inclusiva’, a delegação distrital de Braga da Associação Portuguesa de Deficientes está a promover ‘Conversas Abertas’ para abordar a temática.

‘Crescer, viver e agir numa sociedade inclusiva’ é o lema da delegação distrital de Braga da Associação Portuguesa de Deficientes (APD) ao promover, mensalmente, ‘Conversas Abertas’ para debater a temática durante o ano inteiro e não apenas no dia 3 de Dezembro, data que se celebra o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência. A primeira acção, dedicada à Educação, decorreu ontem na Escola Secundária Carlos Amarante, escola referência para alunos cegos e com baixa visão.
“Todos os anos somos contactados para participar em iniciativas no dia 3 de Dezembro, mas não conseguimos estar em todo o lado, por isso, decidimos avançar com as ‘Conversas Abertas’ para abordar a temática em vários contextos e locais”, explicou a dirigente da delegação distrital de Braga daquela associação, Susana Ferreira, que estava na companhia de outra dirigente, Rosa Guimarães.

A conversa de ontem reuniu à mesma mesa responsáveis do ensino secundário, profissional e superior. “O objectivo é auscultar professores, pais e estudantes e partilhar experiências e preocupações, esperando-se também sugestões”, admitiu, entretanto, Rosa Guimarães, também dirigente da delegação distrital de Braga da Associação Portuguesa de Deficientes.
A conversa de ontem teve como base a Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, que contou com a participação de dirigentes da delegação distrital de Braga da Associação Portuguesa de Deficientes.

E a propósito ainda da conversa de ontem foi lembrado que, em jeito de celebração dos 30 anos da Convenção dos Direitos da Criança, a Fenprof tem um questionário on-line “muito simples e prático” precisamente sobre o novo decreto-lei 52/ 2018 sobre a educação inclusiva.
Entretanto, em Novembro a ‘Conversa Aberta’ vai abordar a ‘Deficiência e Arte’, estando previsto ainda a realização de uma exposição de arte.
Já em Janeiro a ‘Conversa Aberta’, promovida por aquela delegação distrital de Braga da associação, será dedicada à legislação e outra conversa terá como tema o desporto, onde participará a equipa de basquetebol adaptado.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.