Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Desafio na mobilidade passa por “construir um anel” que funcione como nova circular
Tiago Ferreira: “No primeiro treino fui para a baliza... nunca mais saí de lá”

Desafio na mobilidade passa por “construir um anel” que funcione como nova circular

Projecto Educativo Local aponta estratégia para as escolas do concelho

Desafio na mobilidade passa por “construir um anel” que funcione como nova circular

Braga

2022-12-09 às 06h00

Joana Russo Belo Joana Russo Belo

Mobilidade esteve em debate no ‘Conversas por um Canudo’, projecto de um finalista da Escola Profissional de Braga. Vereadora Olga Pereira diz que crescimento da cidade obriga a trabalhar no sentido de se criar um novo anel circular para escoar o trânsito.

Citação

É um tema em cima da mesa nos últimos tempos - perante o crescimento da cidade de Braga - e o grande desafio que se coloca para o futuro em termos de mobilidade passa pela construção de uma nova variante circular, “um anel”, que “verdadeiramente sirva a cidade e evite que os veículos tenham de atravessar a cidade não sendo Braga o destino”. A opinião foi deixada por Olga Pereira, vereadora da Mobilidade da autarquia, durante o primeiro evento ‘Conversas por um Canudo’ - um projecto da Prova de Aptidão Profissional de Rui Rodrigues, finalista do curso técnico de comércio da Escola Profissional de Braga - que teve lugar no Centro Cultural de Cabreiros sob o tema da Mobilidade.
“A cidade cresceu, neste momento não temos uma folha em branco para trabalhar, temos que nos adaptar à realidade com que fomos confrontados, desde 2013. É verdade que a cidade cresceu bastante, estamos a equacionar vias alternativas eixos de circulação no entorno da cidade, sendo certo que aquilo que conhecíamos como as nossas vias rápidas, como a António Macedo, são vias que estão perfeitamente integradas na malha urbana, embora ainda na tutela da Infra-estruturas de Portugal. O trabalho a desenvolver nos próximos anos é conversar com a Infra-estruturas de Portugal, assumir a tutela dessas vias e tentar construir um anel, um eixo, que funcione, efectivamente, como nova circular, porque estas deixaram de ter essa função. É o desafio dos próximos anos”, revelou, num “projecto em curso para que, futuramente, possamos ter a Variante do Cávado com esta finalidade”.
Olga Pereira apresentou ainda os resultados do programa Bicification - que permite aos utilizadores de bicicleta acumular dinheiro no comércio local: “tem mais de 30 mil sessões iniciadas, temos cerca de 30 mil euros em vouchers atribuídos, conseguimos poupar cerca de 35 toneladas de CO2 e os candidatos já percorreram mais de 217 mil quilómetros. É um balanço muito positivo”.
Vereadora anunciou que o programa, que encerra dia 12, vai ter seguimento em 2023, fruto de uma candidatura ganha ao Bicification Plus, para a integração do modo ciclável com o transporte colectivo.
No debate, Teotónio dos Santos, administrador dos TUB, lembrou o esforço “para criar um ecossistema mais favorável” e a “melhoria dos serviços”, com o objectivo de “termos cada vez mais clientes e utilizadores de transporte colectivo para se reduzir a utilização do transporte individual da cidade”.
Já o activista Luís Tarroso Gomes mostrou “que a mobilidade em Braga é muito condicionada e dedicada ao automóvel” e que “a cidade é um perigo gigante”. “Não vai haver transportes públicos mais eficientes enquanto andarem atrás dos carros. Entre as medidas, desde logo, acabar com as vias rápidas que atravessam a cidade, é urgente intervir na Rodovia e reduzir a velocidade, só assim há segurança”, defendeu.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho