Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Destino Braga ultrapassará a curto prazo um milhão de dormidas
Câmara Municipal de Ponte da Barca aprova investimento para obras nas freguesias

Destino Braga ultrapassará a curto prazo um milhão de dormidas

Lançada campanha de atração turística “Viver Viana!” com entrega de vouchers em julho

Destino Braga ultrapassará a curto prazo um milhão de dormidas

Braga

2021-05-14 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Município e Associação Empresarial de Braga esperam uma retoma rápida e expressiva do sector do turismo depois da pandemia. Recuperação começará já este ano.

O presidente da Câmara Municipal e o director-geral da Associação Empresarial de Braga (AEB) acreditam que, a breve prazo, o concelho ultrapassará a fasquia de um milhão de dormidas de turistas por ano. No webinar ‘Investir em Braga’, promovido anteontem pelo Partido Aliança, director-geral da AEB, Rui Marques reconheceu que, tendo sido o turismo o sector económico mais afectado pela pandemia, mantém, ao mesmo tempo, “enormes potencialidades por explorar”, sendo “Braga dos destinos de maior potencial de crescimento no contexto ibérico”.

De acordo com este responsável, neste ano assistir-se-à já ao “início de um processo de retoma do turismo com alguma expressão”, depois de meses de quebra muito expressiva de actividade por força da pandemia de covid 19.
“Braga, cidade de média dimensão, pela sua localização estratégica, será dos destinos ibéricos que mais rapidamente vai recuperar”, assegurou o director- -geral da AEB, prevendo que, a curto prazo, “ultrapassará um milhão de dormidas por ano”.
No período de 2013 e 2019, a cidade de Braga viu triplicar o número de dormidas de 200 para 600 mil por ano, evolução interrompida em 2020.

No webinar ‘Investir em Braga’, o presidente da Câmara Municipal, Ricardo Rio, garantiu que a cidade “aguenta um milhão de turistas”.
O edil sustentou que a dinamização de equipamentos como o Fórum Braga e uma programação de “grandes eventos ao longo do ano” estão “a tornar Braga mais atractiva” não apenas nas épocas altas, assumindo também Ricardo Rio que em 2021 se assistirá ao “princípio da recuperação” do sector do turismo.
“Braga vai reentratar no circuito virtuoso de novidades de oferta para turistas”, acrescentou o director-geral da AEB, garantindo Rui Marques que este é “um destino turístico que está na moda” em resultado de uma “estratégia de promoção” assente na “verdade do produto”.

“Qualidade de mão-de-obra é trunfo para investimento”

A qualidade dos recursos humanos é o principal argumento que o concelho de Braga apresenta para a captação de novos investimentos, defendeu anteontem o presidente da Câmara Municipal.
No webinar ‘Investir em Braga’, o autarca disse que “nunca nos posicionámos no sentido de oferecer mão-de-obra barata e grandes incentivos fiscais, colocando os recursos humanos jovens e qualificados como uma mais-valia para novos investidores.
Ricardo Rio acrescentou que “a dinamização económica é uma das prioridades da Câmara de Braga, concretizada com a InvestBraga, estrutura que “apoia qualquer investidor de forma gratuita e profissional”.

Para Rui Marques, director-geral da Associação Empresarial de Braga (AEB), a InvestBraga “é o grande trunfo” para a captação de investimentos no concelho, considerando este responsável que a Agência para a Dinamização Económica criada em 2014 “é a grande referência no apoio ao investimento que existe em Portugal”.
O presidente da Câmara Municipal deu nota do trabalho de requalificação de parques industriais que a autarquia está a realizar, destacando, por outro lado, a capacidade de acolhimento que a cidade de Braga oferece às empresas de novas tecnologias e serviços.

Essa capacidade será aumentada, “num futuro próximo”, com a concretização do projecto ‘Innovation Arena’.
O director-geral da AEB?acredita que o sector das novas tecnologias de informação “vai continuar a crescer, assim saiba internacionalizar-se”.
No webinar ‘Investir en Braga’, moderado por Ricardo Ribeiro, director do Gabinete de Estudos e vice-presidente do Partido Aliança, participaram também Manuel Azevedo, director geral de grupos multinacionais, Isabel Ferreira, fundadora da Portuguese Business Club no Luxemburgo, Marisa Monteiro Borsboom, da Câmara de Comércio Porthollandia e António Montenegro, da Montenegro Sociedade de Advogados.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho