Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Diamantes em estado bruto
Câmara Municipal de Celorico de Basto com dois vereadores a tempo inteiro

Diamantes em estado bruto

Wedding Music Festival com seis bandas

Diamantes em estado bruto

Desporto

2020-11-14 às 06h00

Joana Russo Belo Joana Russo Belo

Aposta sustentada do SC Braga na formação a dar frutos no plantel principal. Clube tem sido autêntica fábrica de talentos. Carlos Carvalhal chamou mais três jovens atletas aos trabalhos.

Quais diamantes em estado bruto, numa autêntica fábrica de talentos. O SC Braga tem reforçado a aposta na formação, que vê cada vez mais os frutos da Cidade Desportiva a crescerem no plantel principal dos Guerreiros do Minho. A recente renovação de contrato com o defesa central David Carmo, de 21 anos - blindado por uma cláusula de rescisão de 40 milhões de euros -, e o tridente made in Braga, usado pelo seleccionador Fernando Santos, no duelo particular de Portugal com Andorra - formado por Paulinho, Trincão e Pedro Neto -, são a prova disso mesmo: o clube arsenalista é um dos mais fortes a nível nacional no que toca à formação desportiva, numa afirmação crescente como clube formador assente na exportação de talentos.

“Acho que um jogador da formação do SC Braga tem cada vez mais responsabilidade, porque o SC Braga é um clube grande e isso nota-se pelas chamadas às selecções jovens e pelos resultados que tem tido nos campeonatos. O SC Braga é cada vez mais uma das melhores formações de Portugal”, destacou David Carmo, após a renovação do vínculo até 2025.
David Carmo, titular indiscutível no onze desta temporada, integra uma geração de ouro formada no SC Braga, que inclui nomes como Francisco Moura (herói do último jogo com o Benfica, no Estádio da Luz, ao estrear-se a marcar na I Liga com um bis), Trincão (actualmente no FC Barcelona, numa das transferências mais mediáticas da era de António Salvador na presidência do clube) e Pedro Neto (Wolverhampton).

No actual plantel, para além de David Carmo e Francisco Moura, há mais jovens atletas em ascensão: o avançado Rodrigo Gomes, de apenas 17 anos, que já se estreou com a camisola bracarense na I Liga, frente ao Tondela e somou mais minutos no último jogo com o Benfica; o extremo Hernâni, de 19 anos; e os guarda-redes Lukas Hornicek (18 anos) e Rogério (21 anos).
Os produtos da formação bracarense têm sido escoados para a equipa principal e, esta temporada, Carlos Carvalhal está a reforçar essa aposta do clube, dando espaço de afirmação aos jovens talentos da Academia.
Seguindo a lógica de integração dos mais novos, num plantel curto para haver margem de manobra a chamadas periódicas dos jovens craques, o técnico promoveu, ontem, mais três jogadores dos sub-23 aos trabalhos da equipa principal: o defesa Leonardo Buta e os médios Berna e Jean Baptiste.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho