Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Distrito de Braga conta mais 5670 desempregados num ano
Câmara de Guimarães ajuda a fazer inquéritos epidemiológicos disponibilizando técnicos superiores à Saúde Pública

Distrito de Braga conta mais 5670 desempregados num ano

Município de Fafe associa-se à iniciativa da UMAR

Distrito de Braga conta mais  5670 desempregados num ano

Braga

2020-10-21 às 07h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

NO FINAL de Setembro havia 31.887 inscritos nos centros de emprego do distrito, mais 5670 do que no mesmo mês de 2019. No entanto, em comparação com Agosto, há menos 665 desempregados.

O número inscritos nos centros de emprego do distrito de Braga desceu em Setembro: em relação ao mês de Agosto, há menos 665 desempregados. No entanto, em comparação com Setembro de 2019, somam-se mais 5670 pessoas sem trabalho.
Segundo o relatório mensal divulgado ontem pelo IEFP, o distrito de Braga contava no final de Setembro 31.887 desempregados, menos 665 do que em Agosto.
Já em relação a Fevereiro de 2020, o mês anterior ao início da pandemia, nos 14 concelhos do Baixo Minho há mais 6079 desempregados.
Focando a análise na comparação com o mês de Agosto, em Setembro o desemprego baixou em 11 concelhos, manteve-se num (Póvoa de Lanhoso com 838 desempregados) e subiu em dois, concretamente em Fafe e Guimarães.
Guimarães somou mais 159 pessoas sem trabalho, terminando Setembro com 7337 desempregados. Já Fafe, com mais 46 inscritos, tinha no final do mês passado 2301 pessoas sem trabalho. É no concelho de Braga que existem mais desempregados, facto natural porque é também este o concelho com mais habitantes. No final de Setembro havia 7490 bracarenses sem emprego, menos 264 do que em Agosto.
Além de Braga e Guimarães, o ‘top 3’ dos concelhos com maior número de desempregados conta ainda com Famalicão, que fechou Setembro com 4847 inscritos no IEFP, menos 95 do que em Agosto. Barcelos com 2814 desempregados, foi o concelho que registou maior descida no número de inscritos: menos 299 do que em Agosto.
Ainda na casa dos milhares, Vila Verde contava no fim do mês passado com 1362 desempregados, menos nove do que em Agosto. E Vizela tinha 1113 sem trabalho, menos 17.
Em Esposende estavam inscritos 770 desempregados, menos 81 do que em Agosto.
Com menos 14 desempregados, Celorico de Basto terminou o mês passado com 823 inscritos no IEFP.
Já Cabeceiras de Basto verificou uma descida muito reduzida, apenas menos um desempregado relativamente a Agosto, terminado o mês com 712 inscritos nos centros de emprego
Em Amares havia 617 inscritos no IEFP, menos 63 do que em Agosto.
Com menos 25 desempregados no mesmo período, Vieira do Minho fechou Setembro com 621 inscritos.
Finalmente, Terras de Bouro contava 243 desempregados, menos dois do que em Agosto.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho