Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Diversidade foi celebrada na Feira da Primavera
Mês de celebração do 10º aniversário da Startup Braga com um Demo Day memorável

Diversidade foi celebrada na Feira da Primavera

Colocar Braga no lugar que merece é o desejo de Victor Hugo Salgado

Diversidade  foi celebrada  na Feira da Primavera

Ensino

2024-04-21 às 06h00

Libânia Pereira Libânia Pereira

A Escola do Bairro Económico promoveu a Feira da Primavera, evento que reuniu pais e alunos numa celebração da diversidade cultural.

Citação

A Escola do Bairro Económico acolheu ontem a Feira da Primavera, uma iniciativa promovida pela Associação de Pais que se traduziu numa “celebração da riqueza e diversidade cultural”. A vereadora Carla Sepúlveda e o presidente da Junta de Freguesia S. Victor, Ricardo Silva, juntaram-se à comemoração, destacando a grande dinâmica que caracteriza esta associação de pais, o “belíssimo trabalho” desenvolvido nesta escola inclusiva que se afirma como “uma referência para o ensino da língua gestual”.
O evento de carácter anual é aguardado com expectativa, já que proporciona “momentos de convívio entre pais e alunos, e possibilita a abertura da escola a toda a comunidade. Trata-se de uma espécie de inclusão dos pais neste espaço educativo”, considerou Isa Ferreira, presidente da Associação de Pais.
A Feira da Primavera contou com uma ampla variedade de produtos à venda incluindo bolos, doces, licores, compotas, salgados, e muito mais. Em destaque surgiram algumas iguarias típicas de diferentes países como o Brasil e Angola, como a cachupa. O propósito é que esta seja “uma verdadeira celebração da diversidade cultural existente nesta escola”, sublinhou Isa Ferreira. Além das delícias gastronómicas, alguns pais doaram brinquedos e livros, que foram entretanto rifados. O valor arrecadado serve depois para apoiar a escola.
Recorde-se que a Escola do Bairro Económico é uma escola inclusiva, que acolhe alunos bilingues. “Somos a escola de referência no concelho para o ensino da língua gestual, promovendo a comunicação e a inclusão a todos os níveis”, realçou Isa Ferreira.
Presente no dia de ontem, a vereadora da Educação referiu que esta é uma Associação de Pais “muito activa”. “Sentimos que na Escola do Bairro Económico existe um grande envolvimento entre todos os pais e a comunidade educativa. Este é mais um importante momento”.
Carla Sepúlveda lembrou ainda “o belíssimo trabalho” levado a cabo nesta escola no que toca ao ensino especializado com crianças surdas e mudas. “Trata-se seguramente de uma escola de referência a este nível”, frisou.
Já o Ricardo Silva salientou a importância de “manter a ligação com a comunidade escolar ao do período lectivo, e nestas ocasiões em particular. É assim que construímos comunidade”, notou. “Quando comungamos para o mesmo fim a meta do sucesso escolar é alcançado mais facilmente. Esta escola é uma referência por acolher alunos bilingues, tendo assim algumas especificidades que merecem ser acarinhadas”, acrescentou.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho