Correio do Minho

Braga,

- +
dst enriquece espaço público com arte sustentável
Município de Caminha reabilita infraestruturas e ruas em Vila Praia de Âncora

dst enriquece espaço público com arte sustentável

Diversidade foi celebrada na Feira da Primavera

dst enriquece espaço público com arte sustentável

Braga

2024-03-03 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

ZET gallery e o grupo dst inauguraram ontem, no Complexo Mereces 718, em Barcelinhos, a obra ‘Águas Correntes’, vencedora do prémio ‘Arte em Espaço Público & Sustentabilidade’.

Citação

‘Águas Correntes’, a obra de arte vencedora da terceira edição do Prémio Arte em Espaço Público & Sustentabilidade, já pode ser contemplada por todos, em Barcelos. A obra, da autoria de Joana Tomas e Vincent Rault, do colectivo Muro Atelier, foi inaugurada ontem de manhã.
É junto ao Mereces 718, um complexo habitacional do grupo dst, em Barcelinhos, que a obra ‘Águas Correntes’ fica eternizada. “Tenho a certeza que esta não vai ser a última obra de arte que inauguramos em Barcelos”, disse José Teixeira, CEO do grupo dst.

Recorde-se que o Prémio Arte em Espaço Público & Sustentabilidade é promovido pela zet gallery e pelo grupo dst, com o apoio do Instituto de Ciência e Inovação para a Bio-Sustentabilidade (IB-S) da Universidade do Minho.
Ciente de que “a arte tem uma força natural, biológica, que condiciona o uso do espaço”, José Teixeira realçou que uma das preocupações do grupo dst é “massificar a arte; tirá-la de dentro dos muros das galerias, em que o acesso é para determinadas elites, e democratizá-la. A arte em espaço público tem essa nobre função”.
José Teixeira destacou que uma das preocupações do grupo dst é deixar riqueza onde produz riqueza. “Este é um processo de descentralização, em que onde temos investimentos estamos a trazer o Prémio de Sustentabilidade. Para nós também é muito importante essa ideia da arte ser inclusiva e não extractiva”, acrescentou.

O CEO apontou ainda o facto desta obra de arte ter sido construída através da reutilização de materiais que estavam “estacionados” no parque de materiais da dst.
“Juntamos aqui, neste projecto, o IB-S da UMinho que é uma espécie de chapéu sobre esta preocupação de nós não termos de gastar muita energia para construirmos uma peça de arte, mas usarmos materiais que já tiveram uma vida e podem ser convertidos. São materiais que estavam no nosso parque de materiais estacionados, que já tinham cumprido uma vida e que agora têm aqui a eternidade. A arte tem esse poder de contrariar a ideia do efémero”, descreveu José Teixeira, alertando que “a sustentabilidade é o grande desafio da indústria da construção nos dias de hoje”.

A obra artística ‘Águas Correntes’ parte da visão de uma escadaria que emerge da água para alcançar o céu, transmitindo ainda uma mensagem sobre as alterações climáticas e o aumento do nível médio das águas do mar.
É uma “obra de arte que celebra a criatividade humana e a capacidade de regeneração”, explicou Vincent Rault, notando que na obra vão ainda crescer plantas trepadeiras que vão envolver os degraus de uma escada para infinito. Da obra fazem parte também três bancos posicionados na frente paisagística que convidam à contemplação.

Na inauguração, em que marcou presença o presidente da Câmara de Barcelos, Mário Constantino, a directora do IB-S, Clara Pascoal, em nome do júri, destacou que esta terceira edição do prémio ‘Arte em Espaço Público & Sustentabilidade’ gerou grande procura: “Tivemos muitos concorrentes e foi gratificante perceber a motivação e a quantidade das propostas tão interessantes que nos foram apresentadas”. O júri acabou por seleccionar a candidatura do ‘Mu- ro Atelier’, tendo sido sensibilizado “não só pelo tema, mas também pelos valores estéticos e de sustentabilidade que partilha”.
“Nesta obra fomos sensibilizados logo pelo tema da água. Nós não gostaríamos de viver sem amor, mas não conseguiríamos viver sem água”, realçou.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho