Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
dst paga três meses de salários na Companhia de Teatro de Braga
Universidade Católica de Braga recebe selo de verificação ‘Covid Safe’

dst paga três meses de salários na Companhia de Teatro de Braga

Município aproxima famalicenses no mundo

dst paga três meses de salários na Companhia de Teatro de Braga

Braga

2020-03-26 às 23h15

Redacção Redacção

Justificando que “um país sem cultura não sobrevive”, grupo sublinha que pagamento de salários dos 14 funcionários vai complementar o subsídio plurianual e o apoio que atribui à companhia.

O grupo empresarial dst anunciou hoje que vai assumir o pagamento dos salários dos 14 trabalhadores da Companhia de Teatro de Braga (CTB) nos próximos três meses, por considerar que “um país sem cultura não sobrevive”.
Em comunicado, a dst sublinha que o pagamento dos salários vai complementar o subsídio plurianual e o apoio que o grupo atribui à CTB há quase 40 anos.
O pagamento surge numa altura de dificuldades provocadas pela pandemia da Covid-19.

“Tornamos público este comunicado na esperança que outros encontrem uma entidade de produção de cultura para apoiar neste momento, para todos desesperado, mas muito mais desesperado para os que vão perder o que não têm. Pela nossa salvação colectiva, apoiem a cultura”, acrescenta. Para a dst, “nada resistirá (…) sem cultura e sem os profissionais da cultura”.

A dst refere que, por causa da pandemia da Covid-19, tem 364 trabalhadores em teletrabalho. Diz ainda que, independentemente dos recursos colocados à disposição da indústria pelo Governo e pela banca, o grupo está em condições de garantir os salários dos seus cerca de 1 800 trabalhadores e os compromissos com fornecedores e parceiros, sem “exaurir” o Estado. Sublinha que em Fevereiro, com o “demónio a espernear”, o grupo admitiu 66 trabalhadores e este mês mais 49, três dos quais ontem mesmo.
“Neste tempo devastador e imprevisível que atravessamos, assumimos um compromisso com os nossos trabalhadores: queremos chegar ao final da batalha com todos os ‘soldados de pé’, remata a administração da dst.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho