Correio do Minho

Braga,

- +
Dume cede a Casa Paroquial para acolher pessoas vulneráveis
Município de Vila Verde vai lançar hasta pública para venda de oito lotes industriais

Dume cede a Casa Paroquial para acolher pessoas vulneráveis

Andebol: Clubes Minhotos com sortes diferentes

Dume cede a Casa Paroquial para acolher pessoas vulneráveis

Braga

2024-03-02 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Cáritas formalizou a acordo com a paróquia de S.?Martinho de Dume para gestão de uma residência partilhada de acolhimento de cidadãos vulneráveis.

Citação

A paróquia de S.Martinho de Dume cedeu parte da Casa Paroquial à Cáritas Arquidiocesana de Braga, que utilizará o imóvel como residência partilhada para pessoas que vivem em situação de exclusão e isolamento social.
O presidente da Cáritas Arquidiocesana, João Nogueira, desafiou ontem, na assinatura do protocolo de cedência do espaço, que outras paróquias sigam o exemplo de Dume.
“O olhar para o outro pode passar por este desprendimento da Igreja, colocando ao serviço do próximo o seu património ”, declarou, por sua vez, o pároco de Dume, cónego Hermenegildo Faria, tendo em conta que “a habitação é um problema sério na nossa sociedade”.

A residência partilhada de Dume tem capacidade para acolher temporariamente cinco pessoas, depois de realizadas obras de beneficiação, investimento assumido pela paróquia com apoio de privados.
“No que respeita à parte habitacional, sempre tivemos a ideia de lhe dar um destino social, embora pudéssemos alugar os quartos com outras finalidades e ter uma maior rentabilidade. Mas o nosso desejo foi este, respondendo também ao repto lançado pelo Papa, que recentemente, em Marselha, propôs colocar os espaços disponíveis ao dispor das pessoas que deles precisam”, assumiu o pároco de Dume.
O sacerdote justificou o protocolo com a Cáritas com o facto de esta entidade ser a acção caritativa da Arquidiocese e dispor de uma equipa técnica que assegura o acompanhamento dos beneficiários da residência partilhada. “Não se trata apenas de um espaço para acolher, mas de uma comunidade que acolhe, dando uma outra dimensão ao acolhimento, fornecendo retaguarda e integração na comunidade”, sustentou o pároco.
A Casa Paroquial de Dume acolhe, no seu primeiro piso, os serviços paroquiais, incluindo a catequese, projectando os responsáveis da paróquia a reabilitação do salão polivalente contíguo.

Escassez de oferta impede criação de mais residências partilhadas

A nova residência partilhada de Dume, a terceira gerida pela Cáritas Arquidiocesana de Braga, surge no âmbito da Estratégia Nacional para a Integração de Pessoas em Situação de Sem-abrigo. Em 2023, a Cáritas bracarense acolheu 11 pessoas neste tipo de resposta social, que visa também promover as condições, que permitam a autonomia, com vista à inclusão social dos residentes. Estela Portela, técnica responsável pelas residências partilhadas da Cáritas Arquidiocesana, relevou ontem que a escalada dos preços da habitação tem provocado o aumento dos pedidos de alojamento temporário. De acordo com esta responsável, pelo menos 25 pessoas estão actualmente a viver na rua, na cidade de Braga. A escassez de oferta habitacional, associada à alta dos preços de arrendamento no mercado, tem impedido a Cáritas de Braga de se candidatar à gestão de mais residências partilhadas, adiantou a directora técnica, Eva Ferreira.
As residências partilhadas são uma solução de reintegração social que estão a ser financiadas ao abrigo do Plano de?Recuperação e Resiliência (PRR).

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho