Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Elevação de Santuário de S. Torcato a Basílica é “um sonho de séculos tornado realidade”
John e Ivan confirmados como reforços do Ribeirão

Elevação de Santuário de S. Torcato a Basílica é “um sonho de séculos tornado realidade”

Mais 350 infectados e 14 óbitos no país

Elevação de Santuário de S. Torcato a Basílica é “um sonho de séculos tornado realidade”

Vale do Ave

2020-02-27 às 18h17

Redacção Redacção

Dia histórico para S. Torcato e Guimarães, com a elevação do Santuário a Basílica.

Nesta quinta-feira, 27 de fevereiro, Dia de São Torcato, decorreu a cerimónia Solene de elevação do Santuário de São Torcato a Basílica Menor, por decisão tomada em 30 de setembro último pelo Papa Francisco.??O Juiz da Irmandade de S. Torcato assinalou “um sonho de séculos tornado realidade”. Paulo Novais fez questão de agradecer a todos quantos apoiaram as obras efetuadas no Santuário. Construído em granito, as obras do santuário iniciaram-se em 1825. A fachada é constituída por duas torres e um corpo central. No interior da igreja encontra-se o corpo incorrupto de São Torcato. Esta construção atravessou todo o século XX, tendo sido terminadas as obras de edificação com a cerimónia de sagração em 25 de outubro 2015.??O Presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, evidenciou o “orgulho para todos os Vimaranenses e em especial para os Torcatenses, a elevação do Santuário a Basílica” apontando como “um centro da religiosidade não só de Guimarães como do país”.??A “responsabilidade aumentará”, conforme assinalou o Arcebispo D. Jorge Artigo, e o Juiz da Irmandade mantém novos objetivos para cumprir. “Temos um longo caminho a percorrer, este não é o ponto de chegada mas o ponto de partida para mais um conjunto de iniciativas”, vincou Paulo Novais no discurso dirigido aos presentes nesta cerimónia solene. Em curso está já a preparação do registo da Romaria Grande de S. Torcato, em parceria com a Casa da Memória e a Oficina, para colocar este certame no mapa das grandes romarias.??O Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, destacou algumas das mensagens que transmitiu em Carta Pastoral. “O título de Basílica deve intensificar o vínculo particular com Roma e o Santo Padre e fazer com que esta igreja se torne o exemplo da ação pastoral e ação litúrgica”, referiu.
O dia ficou ainda marcado pela inauguração do Elevador e Via-Sacra, assim como a realização da tradicional Feira dos 27 com a participação de criadores de gado provenientes das mais variadas localidades do norte do País no concurso pecuário.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho