Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Eliminar violência contra as mulheres
“Trabalho, competência e qualidade”

Eliminar violência contra as mulheres

Viana do Castelo assinala 173 anos de elevação à categoria de cidade

Eliminar violência contra as mulheres

Cávado

2020-11-23 às 06h00

Redacção Redacção

Município de Terras de Bouro associa-se ao Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Faixas pretas nos edifícios municipais recordam as 534 vítimas de femicídio entre 2014 e 2019.

O Município de Terras de Bouro colocou, nos edifícios municipais, faixas pretas com o número de mulheres que foram vítimas de violência entre 2014 e 2019.
Ao todo foram 534 femicídios assinalam as faixas pretas numa parceria com o Núcleo de Braga da UMAR – União de Mulheres Alternativa Resposta.
Esta é uma das iniciativas com que o Município de Terras de Bouro marca o Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres que se assinala a 25 de Novembro.

O município terrabourense aliou-se a entidades que trabalham pela eliminação da violência contra as mulheres, no sentido de alertar e consciencializar a população para este flagelo que ainda assola a humanidade.
A vereadora da Acção Social, Ana Genoveva Araújo, aproveitou para para deixar uma mensagem de esperança e de incentivo na luta por uma causa tão nobre, lembrando que o dia 25 de Novembro foi designado como Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, em 1999, pelas Nações Unidas (ONU), traduzindo "uma justa homenagem às irmãs Pátria, María Teresa e Minerva Maribal, que no ano de 1960, a mando do ditador da República Dominicana Rafael Trujillo, foram presas, fustigadas e assassinadas. As duas irmãs tornaram-se um símbolo mundial de luta contra a violência que sacrifica as mulheres.

“A violência exercida contra as mulheres e raparigas representa uma violência contra toda a humanidade que já não deveria ter lugar nem Portugal, nem na Europa nem qualquer parte do mundo. Lamentavelmente, todos sabemos que não obstante o empenho depositado na defesa desta causa, ainda há um longo caminho a percorrer para vencer este desafio” refere o município terrabourense em comunicado.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho