Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Encenador italiano Lelio Lecis dirige em Braga ‘A Criatura’
José Maria Cardoso: "Queremos contribuir para que não haja maioria absoluta do PS"

Encenador italiano Lelio Lecis dirige em Braga ‘A Criatura’

“Aldeias em Festa” reúne comunidade em espetáculo inédito

Encenador italiano Lelio Lecis dirige em Braga ‘A Criatura’

Braga

2019-07-17 às 06h00

Paula Maia Paula Maia

Espectáculo, que estreia amanhã, é uma adaptação do texto de Henrik Ibsen e centra-se no conceito de criação artística e na relação que se cria entre o autor e o seu trabalho.

A Companhia de Teatro de Braga (CTB) estreia amanhã, pelas 21.30 horas, o seu primeiro espectáculo encenado pelo director italiano Lelio Lecis, um dos mais importantes dramaturgos das novas gerações e que há 40 anos dirige a companhia de teatro italiana Akroama.
‘Criatura’ é o nome do espectáculo que constitui a primeira parte do seu projecto de parceria ‘Fronteiras da Conjugalidade’ sobre Henrik Ibsen da Companhia de Teatro de Braga com a Akroama.
Este primeiro espectáculo é uma adaptação de Lelio Lecis do texto ‘Quando Nós os Mortos Despertamos’ de Henrik Ibsen, que se centra no conceito de criação artística, analisando a delicada sintonia que se cria entre o autor e o seu trabalho.

Nesta peça o encenador italiano transporta o público a última história contada por Ibsen, uma obra dedicada à arte, aos sonhos e aos impulsos de paixão, onde a loucura e a morte conectam com o sentido mais profundo da criação artística. “É uma honra para a CTB ter o?Lelio Lecis a trabalhar connosco. É das personalidades teatrais italianas de maior importância, e que há muitos anos está ligado à à reflexão sobre o teatro”, revelou Rui?Madeira, director do CTB, na sessão de apresentação do espectáculo, acrescentando que este trabalho é fruto “de uma profunda relação de trabalho e colaboração” entre as duas companhias.

“A Braga e a outras cidades já chegaram alguns espectáculos do Teatro Akroama, assim como Caglíari e à Sardenha alguns espectáculos da CTB. Agora, passados 20 anos, avançamos com esta ideia de aprofundarmos a relação através da permuta de directores que vão dirigir as respectivas companhias, quer a nível da cenografia, dos figurinos”, adianta a propósito Rui?Madeira, enfatizando a importância desta troca de experiências e práticas.
Rui?Madeira explica ainda que o espectáculo constitui uma homenagem a Bernardo Sasseti, o grande responsável pela amizade que une estes dois directores artísticos há vinte anos.

Depois de uma série de espectáculos até final deste mês, ‘A Criatura’ regressa após o período de férias, seguindo o circuito artístico da CTB que inclui um roteiro a nível internacional.
Presente na sessão de apresentação do espectáculo que agora estreia, Lelio Lecis lança rasgados elogios à cidade dos Arcebispos, uma cidade “muito bonita e muito viva do ponto de vista cultural”.
Esta é a primeira vez que o encenador italiano dirige um espectáculo em Portugal, mas Lelio Lecis já trabalhou em vários pontos do mundo. O director já encenou mais de 70 espectáculos, muitos dos quais também como autor e dramaturgo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.