Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Ensino superior: Novo reitor da Trás-os-Montes toma hoje posse
Ponte de Lima reforça apoios às Juntas de Freguesias no valor total de 47 262,94€

Ensino superior: Novo reitor da Trás-os-Montes toma hoje posse

Três Programas de Retoma da Economia Arcuense Em Consulta Pública

Ensino

2010-07-23 às 09h25

Lusa Lusa

O novo reitor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Carlos Sequeira, toma hoje posse, em Vila Real, depois de se ter candidatado ao cargo com um plano de ação estratégico com 77 medidas.

O novo reitor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Carlos Sequeira, toma hoje posse, em Vila Real, depois de se ter candidatado ao cargo com um plano de ação estratégico com 77 medidas.

Carlos Sequeira, natural de Angola, professor catedrático em Engenharia Zootécnica/Nutrição e Alimentação, foi um dos pioneiros da universidade transmontana e o primeiro reitor a ser eleito após a aprovação dos novos estatutos que abrem a possibilidade à candidatura de pessoas exteriores à academia.

Radicado há mais de 30 anos em Trás-os-Montes, foi também o vice-reitor para o Planeamento e Equipamento de Armando Mascarenhas Ferreira, que agora termina o segundo mandato.

Nessas funções, Carlos Sequeira deu um importante contributo para a implementação das mais recentes infraestruturas da UTAD, como a Biblioteca Central, as residências universitárias, o edifício das Ciências do Desporto, a pista de atletismo, o edifício das Ciências Florestais, o Hospital Veterinário e o arranque dos edifícios das Ciências Veterinárias e Blocos de Laboratórios.

O novo reitor apresentou um plano de ação estratégico com 77 medidas que quer incrementar na universidade de Vila Real.

Carlos Sequeira já disse que quer promover um projeto sustentável para a UTAD, o que considera que “implicará, necessariamente, o aumento das receitas próprias e maior diversidade nas fontes de financiamento”.

A academia trasmontana conta com um orçamento de cerca de 35 milhões de euros, reforçado em quatro milhões através do contrato de confiança assinado entre o Governo e as instituições de ensino superior.

As áreas estratégias para a universidade passam pela fileira florestal, a área agroalimentar, o ambiente, os vinhos e turismo no Douro e a saúde.

A UTAD quer fazer aprovar, junto da tutela, o Plano de Desenvolvimento Estratégico, que inclui um mestrado Integrado em Medicina, a criação da Escola Superior de Saúde, bem como um programa de novas infraestruturas.

O novo reitor quer ainda criar a Universidade de Verão, concluir e apetrechar os empreendimentos Centro de Interpretação e de Acolhimento do Jardim Botânico e Edifício das Ciências Veterinárias - Blocos de Laboratórios (Bloco I), bem como concluir o reordenamento das instalações das escolas.

A UTAD possui cerca de 7000 alunos, 400 professores doutorados e foi pioneira em vários cursos, como o de Enologia ou de Engenharia da Reabilitação e Acessibilidade Humana.

Atualmente possui 36 cursos e está organizada em quatro escolas, designadamente a de Ciências Agrárias e Veterinárias, Ciências Humanas e Sociais, Ciências e Tecnologia e Ciências da Vida e do Ambiente.

A nova equipa reitoral é composta por três vice reitores e seis pró reitores.


*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ****

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho