Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Escola Básica de Martim está em obras
Guimarães “prepara-se para as mudanças que se adivinham”

Escola Básica de Martim está em obras

Desemprego desce no mês de Junho

Escola Básica de Martim está em obras

As Nossas Escolas

2020-07-24 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Recuperar e melhorar as condições do edifício já existente são os objectivos das obras de reabilitação e de ampliação da escola de Martim.

As obras de reabilitação e ampliação da Escola Básica de Martim, no concelho de Barcelos, já arrancaram. Com um investimento de 723.739,85 euros (IVA incluído), a empreitada vai ser comparticipada com 550.335,90 euros, oriundos do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial, gerido pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Cávado.
“A obra, que tem um prazo de execução de 365 dias, vai recuperar e melhorar as condições do edifício existente estando prevista a ampliação do edifício”, informa o Município de Barcelos, em comunicado, adiantando ainda que a intervenção visa “completar e melhorar as valências do edifício, essencialmente na criação de um novo corpo a sul, articulado com o edifício principal, cuja organização espacial irá manter-se segundo o projecto original”.

De referir que a Escola Básica de Martim integra o conjunto de edifícios escolares designados por ‘Plano dos Centenários’, com dois pisos, uma área bruta de construção de aproximadamente 612 metros quadrados, concebido segundo o modelo simétrico de ‘2 salas/2 sexos’, constituído por duas salas de aulas ladeadas pelos átrios de entrada em cada lado, sendo quatro salas de aula no rés-do-chão e duas salas de aula no primeiro andar, com instalações sanitárias e alpendre na zona posterior da construção. “A escola já sofreu uma ampliação e requalificação no ano 2006/2007, com mais duas salas e dois novos pré-fabricados utilizados como sala de reuniões de professores e refeitório, sem qualquer ligação directa e coberta ao edifício existente”, lembra ainda, na mesma nota, o Município de Barcelos.

A intervenção que agora começou incluirá a substituição dos paramentos exteriores, pavimentos interiores, coberturas, caixilharias e equipamentos sanitários. “A ampliação criará novos espaços e infra-estruturas de apoio às salas de aula existentes (oito existentes), nomeadamente: sala de professores; gabinete de atendimento a pais e encarregados de educação; polivalente; instalação sanitária masculina alunos; instalação sanitária feminina alunos; instalação sanitária homens; instalação sanitária mobilidade condicionada; instalação sanitária e balneário para funcionários; refeitório; copa limpa; copa suja; zona técnica; materiais de limpeza; lixos; biblioteca; novo acesso pedonal; novo acesso automóvel e estacionamento automóvel”, pode ler-se também no mesmo documento enviado pela autarquia.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho