Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Escola Básica de Ribeirão vai ser requalificada
Póvoa de Lanhoso é o Município do Minho que paga mais rápido a fornecedores

Escola Básica de Ribeirão vai ser requalificada

Vila Verde lembra as 30 mulheres mortas em Portugal em 2020

Escola Básica de Ribeirão vai ser requalificada

Vale do Ave

2020-07-30 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Projecto da 2.ª fase da empreitada foi apresentado pela autarquia de Famalicão e vai implicar um investimento superior a 5,5 milhões de euros.

A requalificação e ampliação da Escola Básica de Ribeirão vai avançar para uma nova fase com o arranque das obras no ponto central do edifício escolar: as salas de aula.
“Esta intervenção vai permitir uma melhoria substancial das condições infra-estruturais da escola”, evidenciou o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, referindo ainda que se está perante “um investimento público que vai ser útil para a comunidade educativa, mas que poderá também ser colocado ao serviço de toda a comunidade”.

Depois de ter aprovado na semana passada a proposta para a abertura de concurso público para a realização da empreitada, o executivo municipal famalicense apresentou, entretanto, o projecto referente à segunda fase da intervenção que vai implicar um investimento superior a 5.5 milhões de euros.
Sobre o esforço financeiro da obra, Paulo Cunha fala numa intervenção sem paralelo. “Esta obra tem um custo estimado acima dos 5.5 milhões de euros e um financiamento garantido de 2.2 milhões, o que significa que o financiamento comunitário não chega a 50% do seu custo e que o esforço municipal e o esforço dos famalicenses é superior a três milhões de euros.

O presidente foi mais longe: “assumimos esta intervenção porque em Famalicão a Educação é uma verdadeira prioridade. Assim é há vários anos e vai continuar a ser”.
A primeira fase das obras está concluída e incidiu sobre a área do edifício Multiusos destinada aos alunos – sala de estudo, biblioteca, refeitório, bar e cozinha.
A segunda fase da empreitada contempla agora a requalificação da área do Multiusos destinada aos professores, direcção e serviços administrativos, mas também a construção de um novo edifício com salas de aula, laboratórios, sala de professores, reprografia, zonas de circulação e um auditório para 140 pessoas. Este edifício contempla também um recreio coberto e um auditório ao ar livre.

Entretanto, a directora do Agrupamento de Escolas, Elsa Carneiro, mostrou-se naturalmente satisfeita com o avanço da nova frente de obras. “Sabemos que esta escola não está sob a alçada do município, mas o compromisso assumido pela Câmara Municipal de Famalicão tem vindo a ser cumprido e estamos a projectar a Escola de Ribeirão para o futuro”.
A Escola Básica de Ribeirão foi fundada em Setembro de 1982 e, por isso, está a precisar de obras. Nesse sentido, a Câmara Municipal de Famalicão estabeleceu um acordo de colaboração celebrado com o Ministério da Educação para a requalificação e modernização das instalações.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho