Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Escola de Educação Rodoviária recebeu mais de 100 mil crianças em 20 anos
Investimento de quatro milhões vai requalificar estradas de Vila Verde

Escola de Educação Rodoviária recebeu mais de 100 mil crianças em 20 anos

Famalicão cria apoio extra para as rendas

Escola de Educação Rodoviária recebeu mais de 100 mil crianças em 20 anos

Braga

2020-02-17 às 08h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Escola de Educação Rodoviária de Braga comemorou ontem o 20.ª aniversário com uma dia aberto à população. Apesar da chuva, famílias desfrutaram de um equipamento que já recebeu mais de 100 mil crianças.

Foram já mais de 100 mil as crianças que, ao longo das últimas duas décadas, passaram pela Escola de Educação Rodoviária de Braga. Ontem, o 20.ª aniversário deste equipamento municipal foi celebrado com um dia aberto à população.
Apesar da chuva, houve quem não quisesse perder a oportunidade para conhecer um equipamento que, por regra, recebe sobretudo visitantes em contexto escolar.
Lídia Dias, vereadora da Educação, marcou presença na iniciativa, onde realçou que este dia aberto visou essencialmente divulgar junto da comunidade em geral “um equipamento municipal que existe para ajudar a formar, desde a tenra idade, cidadãos respeitadores do código da estrada”.
Referiu que a Escola de Educação Rodoviária de Braga está ao serviço do concelho, mas não só, porque também tem recebido alunos de concelhos vizinhos. Aliás, o próprio projecto tem sido replicado por concelhos vizinhos, “que lhe reconhecem o mérito nesta missão de ajudar a formar cidadãos com bons comportamentos na estrada”.
Garantindo que continua a ser uma prioridade investir na Escola de Educação Rodoviária, a vereadora realçou que o modelo pedagógico tem vindo a ser adaptado aos tempos que correm, sempre com o objectivo de, desde tenra idade, sensibilizar as crianças para a prevenção e segurança rodoviária.
“O modelo foi sendo adaptado ao longo dos tempos, mantendo sempre uma parte teórica e outra prática. Nesta oferta adicionámos a possibilidade de existir uma ‘Hora do Conto’. É um novidade que tem sido bem recebida”, avança a responsável.
Nessa ‘Hora do Conto’, as turmas são convidadas a “trabalhar” o livro ‘Porque é que os animais não conduzem?’, de Pedro Seromenho, uma obra que integra o Plano Nacional de Leitura.
Por norma são as turmas do 3.º ano de escolaridade que vêm à Escola de Educação Rodoviária, “mas qualquer professor que queira desenvolver uma actividade de cidadania ligada à educação rodoviária pode vir cá e preparar, em conjunto com os nossos técnicos, uma sessão”, refere Lídias Dias.
“As crianças e jovens são os nossos melhores embaixadores. Acabam por levar para casa este conhecimento que os torna muito mais atentos quando vão na estrada, quer no início como cidadãos no espaço público, quer mais tarde quando começam a conduzir. A semente foi lançada aqui”, acrescenta a autarca, consciente, porém, que este é “um trabalho inacabado”, porque continuam a verificar-se maus comportamentos na estrada. Assim, “temos de continuar a trabalhar para termos melhores cidadãos no futuro e assim melhores comportamentos na estrada”.
Maria Raúl Carriço, aluna do 3.º ano da Escola EB 1 de São Lázaro, esteve recentemente na Escola de Educação Rodoviária com a sua turma. Ficou tão entusiasmada que convenceu os pais, Raul e Filipa, a aproveitarem este dia aberto para desfrutar novamente do equipamento.
“Sabia que existia este equipamento, mas confesso que não sabia muito bem como funcionava. A Maria Raul veio cá com a turma e gostou muito. Pediu para regressar hoje e trazer também a irmã, Laura. Estão a divertir-se muito e de forma pedagógica, pois aqui passam uma mensagem importante no âmbito da prevenção rodoviária”, contou Filipa. Esta mãe gostou de conhecer o espaço e sugere que este tipo de iniciativas se repitam. “É interessante e importante que as pessoas saibam o que aquis e faz”, disse, confessando que., no caso da filha mais velha, nota que a Maria Raul “ficou muito mais desperta para as questões da educação rodoviária desde conheceu esta escola”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho