Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Espanhóis Zulu Zulu encerram primeiro ano do ciclo Terra no CIAJG
Espectáculo de dança “especial” deixou todos de “coração cheio”

Espanhóis Zulu Zulu encerram primeiro ano do ciclo Terra no CIAJG

Ricardo Rio leva vereação a votar ‘Declaração do Rivoli’

Espanhóis Zulu Zulu encerram primeiro ano do ciclo Terra no CIAJG

Vale do Ave

2019-11-19 às 23h30

Redacção Redacção

Depois de uma residência artística de uma semana, banda toca no Centro Internacional das Artes José de Guimarães no próximo sábado (21h30)

O primeiro ano de programação do ciclo de músicas do mundo Terra encerra, no próximo sábado (23 novembro), com um concerto de Zulu Zulu, banda baseada em Palma de Maiorca, Espanha, que a partir da Europa olha para outras latitudes – da bacia do Mediterrâneo a África. O trio toca às 21h30 na Black Box do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), depois de uma semana de residência artística em Guimarães.  
 
A música do trio maiorquino inspira-se na música africana, cantada com base em onomatopeias e percorrendo paisagens luminosas e ritmos ancestrais. Além disso, ao vivo a banda assenta a sua performance num marcante trabalho de figurinos, baseado em máscaras e na personificação de animais, com várias ressonâncias nas peças das coleções do CIAJG, em particular nas de arte africana de José de Guimarães.
 
Foi aqui que a banda encontrou inspiração para – durante uma semana, entre o CIAJG e o Centro de Criação de Candoso (CCC) – trabalhar em novas músicas. No concerto de encerramento do primeiro ano de programação do ciclo Terra, Zulu Zulu vão também tocar composições do seu segundo disco, que está prestes a ser editado, sem esquecer as canções de Defensa Zebra, o álbum de 2017 que os catapultou para o sucesso em Espanha e fora do seu país.
 
Os Zulu Zulu chegam a Guimarães, a convite da Capivara Azul – Associação Cultural, no meio de uma tour internacional que tem passagens por Paris, Lisboa, Londres e São Paulo, bem como pelo obrigatório festival Monkey Week, em Sevilha, onde são uma das bandas em destaque da edição de 2019.
 
Os bilhetes para o concerto de Zulu Zulu, marcado para o próximo sábado, 23 de novembro, às 21h30, na Black Box do CIAJG, têm o custo de 7 euros. Os portadores dos ingressos têm acesso gratuito às exposições do CIAJG no dia do espetáculo, nos horários habituais de funcionamento deste espaço (9h00-13h00 e 14h00-19h00). Os ingressos podem ser adquiridos nas bilheteiras do Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Centro Cultural Vila Flor, Casa da Memória de Guimarães e Loja Oficina, bem como na internet em oficina.bol.pt.
 
O ciclo de músicas do mundo Terra – pensado em diálogo com a coleção permanente do CIAJG, que incorpora peças de arte africana, arte antiga chinesa e arte pré-colombiana – tem ocupado a Black Box do CIAJG ao longo do ano, promovendo o diálogo entre culturas e uma experiência musical provinda de diferentes latitudes. Depois do arranque, em julho, com um memorável concerto de Aline Frazão, o ciclo continuou em setembro com a estreia absoluta em Portugal de Otim Alpha, pioneiro do Acholitornix do Uganda.
 
O ciclo Terra é uma organização da Capivara Azul – Associação Cultural, com o apoio do Município de Guimarães e da Direção Regional de Cultura do Norte, e coprodução d’A Oficina, entidade que gere e programa o Centro Internacional das Artes José de Guimarães. 

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.