Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
“Esta paragem foi boa, foi uma semana de trabalho espectacular”
Montalegre faz três anos de terra Património Agrícola Mundial

“Esta paragem foi boa, foi uma semana de trabalho espectacular”

Mercado Municipal de Famalicão reabre ao público após obras de renovação e de requalificação

“Esta paragem foi boa, foi uma semana de trabalho espectacular”

Desporto

2021-04-05 às 06h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Carlos Carvalhal reconhece benefícios da paragem competitiva, tempo aproveitado para que a equipa pudesse absorver e consolidar ideias. Hoje, em Faro (18.45 horas), perspectiva de “jogo difícil”.

O SC Braga regressa hoje à competição, em casa do Farense, no mítico S. Luís (18.45 horas), exactamente duas semanas após o último jogo. Esse hiato temporal, de resto, foi encarado de forma positiva pelo técnico Carlos Carvalhal.
“Esta paragem foi boa, foi uma semana de trabalho espectacular, principalmente esta última. Toda a gente envolvida, até estranhamos [tanta gente], mas é positivo porque a competição interna aumentou e agora queremos expressar em Faro tudo o que treinámos durante a semana”, frisou o técnico dos arsenalistas, que assumiu estar “muito satisfeito com a dinâmica, a recuperação de energia e a absorção e consolidação de ideias” por parte da equipa que, considera, vai encontrar um Farense organizado, à imagem do seu treinador.

“Temos o máximo respeito pelo Farense, é uma equipa boa, organizada, fico muito contente que o Jorge Costa esteja no futebol português. É um treinador positivo, as suas equipas não são negativas, o que é bom para o jogo", disse, destacando, ainda, a “capacidade individual dos jogadores do Farense”, concluindo que o SC Braga tem a consciência de ser “um jogo difícil”, até pela “tradição” conhecida que jogar em Faro representa.
Ainda assim, Carvalhal assume que a postura da equipa não vai mudar em função dessas dificuldades que, em certos momentos do jogo, o SC Braga terá de enfrentar.

“Isso não retira nada da nossa ambição de querer discutir os três pontos, esse é o nosso grande objectivo. A nossa confiança é máxima, vamos com tudo para vencer o jogo. Direi o mesmo daqui a oito dias e digo o mesmo desde o início da época, não estou a mudar nada no nosso discurso: entramos para vencer os jogos todos”, garantiu.
“Há equipas que nos têm feito sofrer, amanhã [hoje] vai haver momentos em que vamos ter que sofrer e vamos saber responder às vicissitudes do jogo. Pensamos que estamos muito bem preparados e, apesar de termos feito muito bem até ao momento nas diversas competições, achamos que o melhor ainda está para vir”, concluiu,

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho