Correio do Minho

Braga,

- +
Europeu de Montanha volta à Falperra em Maio de 2022
CDU quer abrir debate sobre remunicipalização da Agere

Europeu de Montanha volta à Falperra em Maio de 2022

Antero Barbosa quer resolver desafios do saneamento e da perda de população

Europeu de Montanha volta  à Falperra em Maio de 2022

Desporto

2021-10-11 às 06h00

Rui Serapicos Rui Serapicos

Dias 6, 7 e 8 de maio do próximo ano, Braga volta a receber, na Rampa da Falperra, o Campeonato da Europa de Montanha, garantiu ontem o presidente do Cube Automóvel do Minho, Rogério Peixoto.

“Apesar de más línguas andarem a lançar boatos de que Braga iria perder o Europeu de Montanha, isso não é verdade. A prova já está marcada no calendário da FIA para os dias 6, 7 e 8 de Maio do próximo ano. Quer dizer que daqui a seis meses vamos ter novamente Falperra”, afirmou o presidente do Clube Automóvel do Minho, Rogério Peixoto, ao fazer ontem para os jornalistas o balanço à realização do Fia Hill Climb Masters.
“Depois do êxito, que foi um grandíssimo êxito, subimos muito a parada, ganhámos a confiança da FIA e no próximo ano em Maio cá estaremos para consagrar novamente a Falperra”, acrescentou.

Quando questionado adiante se, em organização, vai haver da experiência com o FIA Hill Climb Masters aspectos a extrair para o Campeonato Europeu de Montanha, ou se em 2022 na sua próxima edição esta prova volta ao formato que já tinha, Rogério Peixoto responde que “foi uma experiência muito grande, ganhámos muita experiência”.
“Houve muitas coisas novas, houve muito protocolo. Claro que vamos usufruir disso no Europeu de Montanha e vamos continuar a subir a parada, os outros é que têm que nos seguir”, frisou, explicando que “espero continuar com este esquema”.

Entre outras diferenças, há a registar a colocação de paddocks e do palco para entrega de troféus junto à cripta do Sameiro, fazendo dos escadórios uma espécie de anfiteatro com vista para a cidade de Braga.
“Foi muito agradável, foi muito bom para o Sameiro. Milhões e milhões de pessoas viram o Sameiro. Isto foi transmitido pela RTP Açores. A RTP Açores tem milhões de telespectadores nos Estados Unidos. Isto foi um sucesso muito grande para nós e para o Sameiro e acho que o senhor cónego é capaz de estar interessado nesta parceria em termos de utilização de espaço”, comentou.
O presidente do Clube Automóvel do Minho referiu ainda que a Altice “foi o nosso principal parceiro. Estou extremamente feliz por ter ganho a confiança da Altice. Espero que seja um casamento feliz e para durar”.

Questionado sobre as reacções das comitivas, Rogério Peixoto garantiu: “não há nenhuma comitiva que não esteja contente”.
O próprio presidente da FIA disse que subimos muito a parada, que fomos muito melhores do que Gubbio (Itália) em tudo o que fizemos. Que nunca tinham visto uma envolvência tão grande de público. A zona VIP, dizem, que foi ao nível de Formula 1. E que isto é para manter, para levar aos outros países”, vincou.

João Paulo Rebelo: “Dizem-me que foi a mais bem conseguida”
“Estes Masters que acabaram de ser organizados em Braga também vêm reconhecera capacidade organizativa, considerando o Clube Automóvel do Minho, considerando a Federação Portuguesa de Automobilsmo e Karting.
Dizem-me que é a quarta edição do Masters, mas também me dizem que esta foi a mais bem conseguida, a mais bem organizada, portanto, com reconhecimento internacional por parte da FIA. São boas ntícias para o país”, comentou o secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo. O governante esteve no encerramento do FIA Hill Climb Masters, no Sameiro, com a companhia do director do Instituto Português do Desporto e Juventude, Vítor Dias.

Ricardo Rio: “Que seja o retomar da normalidade”
Havia ansiedade de espectadores e adeptos de poderem marcar o seu reencontro com a Falperra, e foi importante fazê-lo com estilo, com pilotos do gabarito que tivemos na nossa pista e com esta envolvência que uma grande competição como esta trouxe, a dar outro colorido a esta prova. Esperemos que seja o retomar da normalidade na cidade .
Quando há dois anos se ponderou receber esta competição, sempre assumimos que tal só faria sentido se fosse uma mera interrupção transitória e posteriormente o Campeonato Europeu da Montanha regressasse à Rampa da Falperra. Temos dialogado com a FPAK e CAM para que isso possa acontecer já em 2022, comentou Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho