Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Ex-jogador do ABC/UMinho cria aplicação para exercício físico
Póvoa de Lanhoso é o Município do Minho que paga mais rápido a fornecedores

Ex-jogador do ABC/UMinho cria aplicação para exercício físico

Vila Verde lembra as 30 mulheres mortas em Portugal em 2020

Ex-jogador do ABC/UMinho cria aplicação para exercício físico

Mundo Web

2020-03-31 às 06h00

Rui Serapicos Rui Serapicos

Tomás Albuquerque ganhou pelo ABC títulos nacionais e uma prova europeia de andebol; abdicou da alta competição para se centrar na vida académica. Um dos primeiros resultados é a aplicação Agit disponível para download, que monitoriza exercício físico em casa pela câmara de telemóvel.

“No final e com base no seu resultado, o utilizador é colocado numa tabela de classificações juntamente com os outros utilizadores. O exercício é repetível tantas vezes quanto o utilizador pretenda”, como explica Tomás Albuquerque, em jogador do ABC/UMinho, agora mestre em Engenharia Física com especialização em Ciência de Dados, pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.
Com Tiago Santos, também ele ex-estudante da Universidade do Minho e Francisco Friande, que estuda Engenharia Informática e Computação, formou a Agit, uma startup da Universidade do Porto que criou uma aplicação para monitorizar exercícios físicos­ através das câmaras dos telemóveis.
“Está ao alcance de qualquer pessoa. A ideia é ser um auxílio para qualquer um que se queira manter activo, em casa, neste período difícil”, garante-nos, em declarações via messenger aquele ex-jogador de andebol e também ex-estudante da Universidade do Minho.
“Eu e o Tiago Santos estudámos juntos em Braga durante o 2.º e 3.º ciclo e desde aí que sempre mantivemos uma relação de amizade”, explica.
“Pelo facto de sermos ambos engenheiros acabamos por ir partilhando durante os anos de faculdade algumas ideias relacionadas com tecnologia e empreendedorismo”, diz ainda, acrescentando logo adiante que “decidimos avançar porque achávamos que era um projecto com elevado potencial de mercado e que tínhamos a motivação e capacidades necessárias para conseguir concretizar a ideia num produto inovador”.
Francisco Friande acrescentou os seus conhecimentos de programação. “A tecnologia está assente em métodos de visão computacional e machine learning. Há uma grande componente de processamento das imagens recolhidas pela câmara do telemóvel ao longo do exercício. Sobre cada imagem recolhida é aplicado um método de processamento, que usa inteligência artificial, para que a cada momento seja possível identificar o movimento realizado e contar as repetições efectuadas”, explica.
Tomás Albuquerque garante assim que, além do utilizador da Agit, no momento de prática do exercício aquela aplicação monitoriza à distância, sem mais nenhuma outra acção humana, os movimentos em execução.
“Tudo é baseado em inteligência artificial, a partir das imagens e vídeo recolhidos”, realça o campeão nacional de andebol do ABC/UMinho em 2016.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho